O MUNDO JÁ ESTÁ COMEÇANDO A ABRIR AS PORTAS PARA OS HORRORES DAS NAÇÕES

- Caro leitor: Iremos agora estudar o Cp.12 do livro de Apocalipse Vs.1 a 17, e neste capítulo temos duas revelações muito importantes dadas a João. Embora o tradutor da Bíblia o tenha traduzido de maneira única; neste capítulo contém duas revelações bem distintas.

-- No Cp.12 de Apocalipse Vs.1 a 6, a revelação dada a João se refere à perseguição de Herodes (através de seus soldados) mediante o nascimento de Jesus Cristo. Onde Herodes se sentiu ameaçado em seu reinado, e mandou que matassem a Jesus; causando a morte de vários inocentes.
Já do V.7 até o 17 podemos ver outra revelação dada a João, onde se trata de como viemos para este planeta. O que significou aquela guerra; o porquê e como isto aconteceu; quem era realmente aquele dragão e o que originou aquela grande batalha?
- Antes de começarmos este estudo quero esclarecer para o leitor que alguns versículos ou trechos Bíblicos serão repetidos algumas vezes de maneira proposital para que alcancemos um entendimento mais detalhado e mais apurado do assunto abordado. Cada estória será confirmada com outros trechos ou versículos de livros bíblicos variados.
>>> Confira sempre em sua Bíblia cada versículo citado, mantendo sempre a mente ligada no assunto principal. Vários livros servirão como confirmação para cada estória abordada em Apocalipse Cp.12, Vs.1 a 6 e de 7 a 17; mas sempre voltaremos a retomar o trecho em que paramos. Lembre-se que este capítulo está dividido em duas estórias diferentes; as quais iremos examinar detalhadamente seus conteúdos e significados. Por isso iremos buscar confirmação em ouros livros, sem sair, no entanto, do contexto abordado nas duas estórias do Cp.12 de Apocalipse.
                                Preste bem atenção em tudo; e bom estudo!
***************************************************************

****************************************************************
“O MUNDO JÁ ESTÁ COMEÇANDO A ABRIR AS PORTAS PARA OS HORRORES DAS NAÇÕES.”
****************************************************************
-- Saiba que Deus não criou o homem para esta finalidade (a de ser destruído), e sim para que todos os homens viessem a conhecê-lo como Pai, e Ele pudesse reconhecê-los como filhos. Porém Deus não poderia criar os seus filhos apenas com uma natureza, por isso eles precisavam ser como Deus: conhecedores do bem e do mal. Quando o homem conseguiu chegar a ter estas duas consciências Deus ordenou que ele guardasse os seus preceitos, seus estatutos, e as leis dos dez mandamentos. Esta lei é eterna porque está contida no Evangelho Eterno de Jesus Cristo que vem civilizando os mundos materiais que estão no reino animal. Os homens santos de Deus tinham conhecimento sobre o universo, assim também como me foi revelado.
- No livro dos Salmos Cp.102, Vs.25 a 28 Davi disse: “Desde a antiguidade fundaste a terra: e os céus são obra das tuas mãos. Eles perecerão, mas tu permanecerás; todos eles, como um vestido envelhecerão; como roupa os mudarás, e ficarão mudados. Mas tu és o mesmo, e os teus anos nunca terão fim. {Observe bem o V.28 que diz} Os filhos dos teus servos continuarão, e a sua descendência ficará firmada perante ti.” – Aqui Davi estava falando da transformação dos mundos materiais, quando ele disse “eles perecerão” é porque o sistema (ou governo) material morre passando assim para um sistema (ou governo) espiritual. Por isso Davi disse: “Todos eles como um vestido envelhecerão; como roupa os mudarás e ficarão mudados.” Quando isso acontece dá-se o nome de devastação final (que é o juízo final). Isso só acontecerá porque os habitantes deste planeta estão divididos; uma minoria para o lado do bem, e a maior parte para o lado do mal. Os habitantes deste planeta praticaram tanta iniquidade que não deu mais para Deus tolerar. Eles no auge de sua arrogância chegaram até a dizer para Deus: “Retira-te de nós; porque não desejamos ter conhecimento dos teus caminhos. Quem é o Todo-Poderoso para que nós o sirvamos? E que nos aproveitará que lhe façamos orações?” (Jó Cp.21, Vs.14 e 15) -- Isto era o que eles diziam em um passado remoto na época de Noé.
- Jó era um homem que tinha muito conhecimento do passado remoto, assim como Davi, Salomão e muitos profetas que sabiam o que havia acontecido com os habitantes deste mundo, e de onde eles vieram, até chegarem ao planeta terra. Depois de milhões de anos, eles já estavam provocando a ira de Deus novamente. Por isso Elifaz disse para Jó no Cp.22, Vs.15 a 17: “Porventura consideraste a vereda do século passado, que pisaram os homens iníquos? Eles foram arrebatados antes do seu tempo; sobre o seu fundamento um dilúvio se derramou. Diziam a Deus: Retira-te de nós. E: Que foi que o Todo-Poderoso nos fez?” – O que você está vendo aqui é uma das coisas que faz com que aconteça a separação do bem e do mal em um mundo material: A rebeldia dos homens contra Deus.
- Veja o que diz no livro dos Salmos Cp.102, V.28: “Os filhos dos teus servos continuarão, e a sua descendência ficará firmada perante ti.” --- Os verdadeiros filhos de Deus ficarão no mesmo lugar; somente os ímpios sairão.
O planeta que for transformado se encherá somente de sementes benditas. Foi isso o que Jó quis dizer quando disse que “Tudo se transforma como o barro sob o selo, e se põe como vestidos (Jó Cp.38, V.14).” -- Todos os mundos materiais que existem no universo passam por uma mudança como esta em um tempo determinado por Deus, para se tornarem habitações benditas para aqueles que praticam o bem. Já o mal (os desobedientes) não tem paradeiro; e estão sempre sedo jogados para sistemas inferiores através de devastações.
>>> Nós vamos agora ver mais sobre este assunto no Cp.12, Vs.7 a 17 de Apocalipse; onde João falou sobre a batalha do juízo final. Porém os tradutores da Bíblia não conseguiram traduzir as visões narradas por João de forma correta. Mas iremos ver na verdade o que tudo isso significa. <<<
- Vejamos o que o apóstolo João falou em Apocalipse no Cp.12, Vs.7 a 17 que diz: “E houve batalha no céu: Miguel e os seus anjos batalhavam contra o dragão, e batalhava o dragão e os seus anjos.” – Aqui se vê alguns dos pontos negativos porque um “dragão” é um ser mitológico (ou um animal de grande porte da família dos lagartos), por isso não poderia ser um general de guerra para comandar um batalhão de anjos.  Observe que esta comparação que os tradutores fizeram foi incompatível com o real sentido da revelação.
- Um anjo é um sacerdote que exerce serviço sagrado para Deus; pois nos planetas espirituais existem as altas civilizações santificadas que são governadas por reis santos.
- Veja o que está escrito em Apocalipse C.4, Vs.1 a 5 onde o apóstolo João disse: “Depois destas coisas, olhei, e eis que estava uma porta aberta no céu: E a primeira voz, que como de trombeta ouvia falar comigo, disse: Sobe aqui, e mostrar-te-ei as coisas que depois destas devem acontecer. E logo fui arrebatado em espírito, e eis que um trono estava posto no céu, e um assentado sobre o trono. E o que estava assentado era, na aparência, semelhante à pedra jaspe e sardônica; e o arco celeste estava ao redor do trono, e parecia semelhante à esmeralda. E ao redor do trono havia vinte e quatro tronos; e vi assentados sobre os tronos vinte e quatro anciãos vestidos de vestidos brancos; e tinham sobre suas cabeças coroas de ouro. E do trono saíam relâmpagos e trovões, e vozes; e diante do trono ardiam sete lâmpadas de fogo, as quais são os sete Espíritos de Deus; (o Todo Poderoso).” --- Observe que estes vinte e quatro reis são as criaturas mais aproximadas de Deus. Eles são reis de outras galáxias onde existem os mundos de altas civilizações espirituais. Você pode observar que todos os 24 reis tinham coroas de ouro em suas cabeças, e nós sabemos que o ouro é um metal valioso e resistente; portanto, para se fabricar uma coroa de ouro puro como as que os reis usavam, é preciso que o ouro seja derretido e moldado. Na visão de João, os reis estavam usando roupas brancas, e para que hajam vestes é preciso que exista antes uma tecelagem para confeccionar as roupas. A tecnologia de um mundo espiritual é infinita, por isso estas coisas existem lá mais de uma forma muito mais desenvolvida.
- Aquelas sete lâmpadas de fogo que estavam diante do trono são os Sete Espíritos de Deus que são os sete dons que fluíam de Deus para aqueles 24 reis. Eles estavam ali para receber este poder que fluía de Deus para que eles operem maravilhas no mundo onde cada um deles habita.
>>> Jesus Cristo também recebeu estes sete dons. Veja o que foi dito pelo profeta Isaías no Cp.11, V.2 de seu livro que diz: “E repousará sobre Ele o (1)Espírito do Senhor, (2)o Espírito de sabedoria e (3)de inteligência, o Espírito (4)de conselho e (5)de fortaleza, o Espírito (6)de conhecimento e(7) de temor do Senhor.” --- Estão aqui os sete Espíritos de Deus; os sete dons que também foram dados a Jesus Cristo para que Ele operasse todas aquelas  maravilhas aqui no mundo; como fez. A mesma porção foi dada àqueles 24 reis, para que eles fizessem o mesmo que Jesus fez aqui, no mundo em que cada um deles habita por meio do Evangelho Eterno.
- Mas agora vamos dar continuação ao Cp.12 de Apocalipse: O anjo Miguel citado por João é Jesus. Pois Jesus é Rei e Sacerdote Eterno. Ele também está com o Evangelho Eterno como aqueles 24 reis. Eles são da mesma classe de Jesus em poder, porém a única diferença é que Jesus é um dos primeiros príncipes; como Daniel falou no Cp.10, V.13 de seu livro. Aqueles 24 reis são reis de outras Via-Láctea onde há milhares de mundos materiais e espirituais, que são mundos já civilizados espiritualmente.
>>> A iluminação nos mundos materiais acontece por meio do poder do Evangelho Eterno que vai transformando os mundos materiais onde o sistema é bastante atrasado. <<<
- No evangelho de Mateus no Cp.28, V.18 diz que Jesus, falou aos seus discípulos dizendo: “É-me dado todo o poder no céu e na terra.” – Observe que Jesus não recebeu poder apenas sobre o universo; e sim sobre a Via-Láctea com seus milhares de mundos; para que Jesus congregue-os com Deus por meio do evangelho eterno; como Paulo falou aos Efésios no Cp.1, Vs.9 e 10 onde ele disse: “Descobrindo-nos o mistério da sua vontade, segundo o seu beneplácito, que propusera em si mesmo. De tornar a congregar em Cristo todas as coisas, na dispensação da plenitude dos tempos, tanto as que estão nos céus como as que estão na terra.” = Mas; o que é “beneplácito”? Você sabe? Beneplácito é: Aprovação, consentimento, licença, aprazimento. Isto é beneplácito!
>>> Agora você vai ficar sabendo como Jesus vai congregar a terra e os outros mundos (céus), que estão juntos com a terra na expansão: Como foi dito no livro de Jó no Cp.26, V.7 que diz: “O norte estende sobre o vazio; suspende a terra sobre o nada.”
>>> Saiba que haverá uma grande guerra no planeta terra. E esta guerra será do bem contra o mal. Esta será a última batalha no planeta.
- O planeta terra foi dado por Deus para Jesus; como podemos ver em Daniel Cp.7, Vs.13 e 14 onde Daniel disse: “Eu estava olhando nas minhas visões da noite, e eis que vinha nas nuvens do céu um como o Filho do Homem: e dirigiu-se ao ancião de dias, e o fizeram chegar até Ele. Foi-lhe dado o domínio e a honra, e o reino, para que todos os povos, nações e línguas o servissem: o seu domínio é um domínio eterno, que não passará, e o seu reino o único que não será destruído.”
- Em I Coríntios no Cp.15, Vs.23 a 26 Paulo disse: “Mas cada um por sua ordem: Cristo as primícias, depois os que são de Cristo, na sua vinda. Depois virá o fim, quando tiver entregado o Reino a Deus, ao Pai, e quando houver aniquilado todo o império, e toda a potestade e força. Porque convém que reine até que haja posto a todos os inimigos debaixo dos seus pés.” = Agora eu lhe pergunto: Esta guerra será contra os inimigos de Deus que estão contra o reino de Deus aqui na terra (governado por Jesus Cristo); ou será contra um dragão e um batalhão de anjos? 
>>> Aqui está provado que o povo do mundo está oposto a Deus. <<<<
- Mas observe bem o que Davi disse no livro dos Salmos no Cp.110, Vs.1 a 7: “Disse o Senhor ao meu Senhor: Assenta-te à minha mão direita até que ponha os teus inimigos por escabelo dos teus pés. O Senhor enviará o cetro da tua fortaleza desde Sião, dizendo: Domina no meio dos teus inimigos. O teu povo se apresentará voluntariamente no dia do teu poder, com santos ornamentos: como vindo do próprio seio da alva, será o orvalho da tua mocidade. Jurou o Senhor, e não se arrependerá: Tu és um sacerdote eterno, segundo a ordem de Melquisedeque. O Senhor, à tua direita ferirá os reis no dia da sua ira. Julgará entre as nações: enchê-las-á de cadáveres: ferirá os cabeças de grandes terras. Pelo caminho dessedentar-se-á no ribeiro, e prosseguirá de cabeça erguida.” – Jesus Cristo seguirá de cabeça erguida como todo vencedor!
= Agora me responda amigo leitor: Nos trechos que você leu você observou Jesus batalhando com um dragão; ou com as nações do mundo que são ligadas ao sistema material? Estas nações que batalharão com Jesus, não aceitam o sistema espiritual.
- Paulo já havia falado sobre isto em I Coríntios no Cp.2, Vs.14 a 16 onde ele disse: “Ora o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente. Mas o que é espiritual discerne bem tudo, e ele de ninguém é discernido. Porque, quem conheceu a mente do Senhor, para que possa instruí-lo? Mas nós temos a mente de Cristo.” – Se o homem natural (que é o homem animal) vive apenas pelo gozo dos sentidos (isto é, pelos prazeres da carne), ele nunca vai renunciar ao sistema do mundo e compreender a mente de Cristo. É por isso que a guerra está feita porque Jesus vem como um estrangeiro para destruir todo o sistema do mundo e implantar o sistema espiritual. Mas os reis (governantes) da terra não vão aceitar de forma alguma. Por isso no livro de Salmos Cp.49, V.20 diz: “O homem que está em honra e não tem entendimento, é semelhante aos animais que perecem.”
- Daniel em seu livro no Cp.2, V.44 disse que: “Nos dias destes reis, o Deus do céu levantará um reino que não será jamais destruído; e este reino não passará a outro povo: Esmiuçará e consumirá todos estes reinos, e será estabelecido para sempre.”
- Veja o que está escrito em Apocalipse no Cp.19, Vs.17 a 21 onde o apóstolo João disse: “E vi um anjo, que estava no sol, e clamou com grande voz dizendo a todas as aves que voam pelo meio do céu: Vinde, e ajuntai-vos à ceia do grande Deus para que comais a carne dos reis, e a carne dos tribunos, e a carne dos fortes, e a carne dos cavalos e dos que sobre eles se assentam; e a carne de todos os homens, livres e servos, pequenos e grandes. E vi a besta e os reis da terra e os seus exércitos reunidos, para fazerem guerra àquele que estava assentado sobre o cavalo, e ao seu exército. E a besta foi presa, e com ela o falso profeta, que diante dela fizera os sinais, com que enganou os que receberam o sinal da besta, e adoraram a sua imagem. Estes dois foram lançados vivos no ardente lago de fogo e de enxofre. E os demais foram mortos com a espada que saía da boca do que estava assentado sobre o cavalo, e todas as aves se fartaram das suas carnes.” --- Veja que até as aves do céu irão se fartar de carne de humanos. Os santos irão enterrar o que sobrar dos rebeldes. (Ezequiel Cp.39, Vs.12 a 16)
>>>> Milhões de espíritos perdidos dessa humanidade que foi destruída serão sacudidos da terra para outro mundo. <<<
- No livro de Jó no Cp.38, Vs.12 e 13 ele mesmo disse: “Ou desde os teus dias deste ordem à madrugada, ou mostraste à alva o seu lugar.” --- Esta “alva” à qual Jó se refere é Cristo. E quando ele diz: Para que se agarrasse nas extremidades da terra e os ímpios fossem sacudidos dela, ele se refere aos espíritos dos ímpios que serão expulsos da terra. Porque os corpos de todos eles ficarão para servir de alimento para os animais do campo e para as aves do céu.
>>> Esta guerra terminará ao meio dia como podemos ver em Salmos no Cp.101, V.8 onde Deus disse: “Pela manhã destruirei todos os ímpios da terra, para desarraigar da cidade do Senhor todos os que praticam a iniquidade.”
- No livro de Zacarias no Cp.14, Vs.6 a 9 diz: “E acontecerá naquele dia, que não haverá preciosa luz nem espessa escuridão. Mas será um dia conhecido do Senhor; nem dia nem noite será; e acontecerá que no tempo da tarde haverá luz. Naquele dia também acontecerá que correrão de Jerusalém águas vivas, metade delas para o mar oriental, e metade delas até ao mar ocidental: no estio e no inverno sucederá isto.” --- Quando ele diz que não será nem dia e nem noite, é porque haverá a decisão da luz contra as trevas (que são os ímpios e todos os reis da terra, lutando para não entregar os reinos do mundo ao Senhor Jesus Cristo), mas serão abatidos até ao meio dia, pois à tarde já raiará a luz do novo mundo.
- Ainda no Cp.14 V.8 Zacarias disse que “naquele dia também acontecerá que correrão de Jerusalém águas vivas, metade delas para o mar oriental e metade delas até ao mar ocidental; e que isto acontecerá no estio e no inverno.” --- Estas águas representam as ciências do evangelho eterno que se espalhará por toda a terra. Ele disse que isso acontecerá no estio (verão) e no inverno; porque não há tempo determinado.
- Ele disse também no V.9 que o Senhor será Rei sobre toda a terra e que naquele dia um será o Senhor, e um será o seu nome. Porque neste dia haverá chegado a salvação e a força e o Reino do nosso Deus e o poder do seu Cristo. Aí é quando se cumprirá o que o profeta Isaías falou no Cp.33, Vs.5 e 6 onde ele disse: “O Senhor é exalçado, pois habita nas alturas: encheu a Sião de retidão e de justiça. E haverá estabilidade nos teus tempos, abundância de salvação, sabedoria, e ciência: e o temor do Senhor será o seu tesouro.” --- Este é o poder do Evangelho Eterno no novo mundo; onde se revelam as ciências de Deus.
= Será que você entendeu como é que um mundo material passa a ser um mundo espiritual? Pois bem: Isto acontece mudando-se o sistema; ou seja, a forma de governo.
>>> Agora vamos revelar o Cp.12 Vs.1 a 17 de Apocalipse sem fantasia nenhuma, porque o tradutor traduziu esta história, não para mostrar como surgiu a raça humana no mundo, mas eles traduziram para trazer medo às nações.
- Vejamos o que o apóstolo João disse no Cp.12, Vs.1 a 3: “E viu-se um grande sinal no céu: uma mulher vestida do sol, tendo a lua debaixo dos seus pés, e uma coroa de doze estrelas sobre a sua cabeça. E estava grávida, e com dores de parto, e gritava com ânsias de dar à luz. E viu-se outro sinal no céu; e eis que era um grande dragão vermelho, que tinha sete cabeças e dez chifres, e sobre as suas cabeças sete diademas.”
- Vs.4 a 6: “E a sua cauda levou após si a terça parte das estrelas do céu, e lançou-as sobre a terra; e o dragão parou diante da mulher que havia de dar à luz, para que, dando ela à luz, lhe tragasse o filho. E deu à luz um filho, um varão que há de reger todas as nações com vara de ferro; e o seu filho foi arrebatado para Deus e para o seu trono. E a mulher fugiu para o deserto, onde já tinha lugar preparado por Deus para que ali fosse alimentada durante mil duzentos e sessenta dias.” --- Aquela mulher que estava vestida do sol era Maria. João disse que ela estava vestida do sol porque Jesus estava no ventre dela; como podemos ver em Lucas no Cp.1, V.78 que diz: “Pelas entranhas da misericórdia do nosso Deus, com que o Oriente do alto nos visitou.” --- O oriente do alto é o sol. Por isso João disse que Maria estava vestida do sol. Pois Jesus é a luz do mundo (João Cp.8, V.12).
- Em Lucas no Cp.1, Vs.46 a 49 Maria disse: “A minha alma engrandece ao Senhor, e o meu espírito se alegra em Deus meu Salvador; porque atentou na baixeza de sua serva; pois eis que desde agora todas as gerações me chamarão bem-aventurada: porque me fez grandes coisas o Poderoso; e santo é o seu nome.”
= Agora me responda: Como as gerações do mundo iria chamar Maria de bem-aventurada, sabendo que ela era pobre, humilde, e que morava em Nazaré que era considerado um lugar muito “baixo” (pobre, inferior) perante a sociedade? Seu marido José, trabalhava como carpinteiro fazendo jugo para boi (canga). Como Maria poderia vir a ser exaltada (ou seja, reconhecida) pelas gerações se Deus não tivesse dado estas revelações ao apóstolo João?
- Quando João disse que viu Maria com dores de parto, gritando com ânsias de dar à luz; isto representa o fato de não haver lugar no meio das trevas para que a luz nascesse em segurança. A prova disso é o lugar onde Jesus (a luz do mundo) nasceu.
- O grande dragão vermelho citado por João e que tinha sete cabeças e dez chifres representa Roma. As sete cabeças representam os sete montes onde ela foi fundada por Rômulo e Remo junto ao rio Tibe (segundo a história). As dez pontas representam os dez reis que se uniram a ela. Os sete diademas representam as faixas ornamentais dos reis que representavam: honra e poder.
- No versículo 4 diz: “E a sua cauda levou após si a terça parte das estrelas do céu, e lançou-as sobre a terra; e o dragão parou diante da mulher que havia de dar à luz para que dando ela à luz lhe tragasse o filho” --- Este dragão representa Herodes (imperador de Roma) que levantou uma grande perseguição à Jesus por achar que Ele havia nascido para tomar seu reino.
>>> Observe que o tradutor disse: “A terça parte das estrelas do céu.”             --- Porém a palavra “céu” deveria estar no plural “céus”, pois o povo judeu é o povo que Deus exaltou entre todas as nações da terra; como está escrito em Joel no Cp.2, V.27 onde Deus disse: “E vós sabereis que eu estou no meio de Israel, e que eu sou o Senhor vosso Deus, e ninguém mais; e o meu povo não será envergonhado para sempre.”
Também no livro dos Salmos Cp.50, V.4 diz: “Chamará os céus, do alto, e a terra, para julgar o seu povo.” --- Os céus do alto são os apóstolos dos judeus e todos os discípulos dos gentios. Foi por isso que Isaías no Cp.1, V.2 de seu livro disse: “Ouve, ó céus, e presta ouvidos, tu ó terra.”
- A terça parte das estrelas do céu que o dragão arrastou com a cauda e lançou sobre a terra, representam as crianças mortas por Herodes. O decreto de morte (que aqui foi representado pela cauda do dragão) foi expedido para matar todo menino judeu abaixo de 2 anos de idade. Eles foram chamados de estrelas porque eram filhos dos judeus, que são chamados de céus.
- Você pode ver a prova disto em Jeremias no Cp.31, Vs.13 a 17 que diz: “Então a virgem se alegrará na dança, e também os mancebos e os velhos; e tornarei o seu pranto em alegria, e os consolarei, e transformarei em regozijo a sua tristeza. E saciarei a alma dos sacerdotes de gordura, e o meu povo se fartará dos meus bens, diz o Senhor. Assim diz o Senhor: Uma voz se ouviu em Ramá, lamentação, choro amargo: Raquel chora seus filhos, sem admitir consolação por eles, porque já não existem. Assim diz o Senhor: Reprime a tua voz de choro, e as lágrimas de teus olhos: porque há galardão para o teu trabalho, diz o Senhor, pois eles voltarão da terra do inimigo. E há esperanças no derradeiro fim para os teus descendentes, diz o Senhor, porque teus filhos voltarão para os teus termos.” --- Observe que Jeremias em sua profecia disse que eles (os meninos) voltarão para os seus lugares no derradeiro fim. Saiba que todas as crianças que foram mortas desde o tempo de Faraó até Herodes irão retornar através da reencarnação.
- Veja onde estas crianças vão aparecer: Em Apocalipse no Cp.14, Vs.1 a 5 o apóstolo João disse: “E olhei, e eis que estava o Cordeiro sobre o monte de Sião, e com ele cento e quarenta e quatro mil, que em suas testas tinham escrito o nome dele e o de seu Pai. E ouvi uma voz do céu, como a voz de muitas águas, e como a voz de um trovão; e ouvi uma voz de harpistas, que tocavam com as suas harpas. E cantavam um como cântico novo diante do trono, e diante dos quatro animais e dos anciãos; e ninguém podia aprender aquele cântico, senão os cento e quarenta e quatro mil que foram comprados da terra. Estes são os que não estão contaminados com mulheres: porque são virgens. Estes são os que seguem o Cordeiro para onde quer que vai. Estes são os que dentre os homens foram comprados como primícias para Deus e para o Cordeiro. E na sua boca não se achou engano; porque são irrepreensíveis diante do trono de Deus.” --- Estes 144 mil são aquelas estrelas que o dragão lançou sobre a terra. Eles governarão a terra com Cristo. O mundo será dividido em cento e quarenta e quatro mil províncias. E Jesus, em pleno poder, irá designar a cada um deles uma província. Foi por isso que João disse no V.4: “Estes são os que seguem o Cordeiro para onde quer que vai.”
- No V.6 João disse que viu a mulher fugindo para o deserto onde já havia lugar preparado por Deus para que ali ela fosse alimentada durante 1260 dias. A soma destes dias é igual a três anos e seis meses. A respeito disso veja o que está escrito em João no Cp.19, Vs.26 e 27 que diz: “Ora Jesus, vendo ali sua mãe, e que o discípulo a quem ele amava estava presente (João), disse a sua mãe: Mulher, eis aí o teu filho. Depois disse ao discípulo: Eis aí tua mãe. E desde aquela hora o discípulo a recebeu em sua casa.” --- O lar daquele discípulo foi o lugar preparado por Deus para ela ficar amparada por 1260 dias de vida. Lá ela não foi mais perseguida pelo império romano e logo saiu do mundo!
>>> Observe bem: Enquanto no Cp.12 de Apocalipse Vs.1 a 6 a revelação dada a João se refere à perseguição de Herodes diante do nascimento de Cristo, onde foram mortos os 144 mil escolhidos, no mesmo Cp.12 de Apocalipse do V.7 até o 17, podemos observar que este trecho refere-se à outra profecia, a qual os tradutores da Bíblia não tiveram o dom de discernir.
Leia atentamente os versículos que se seguem e, vejamos juntos, os seus reais significados:
>>> Continuando: Nos Vs.7 a 9 diz: “E houve batalha no céu: Miguel e os seus anjos batalhavam contra o dragão, e batalhava o dragão e os seus anjos; mas não prevaleceram, nem mais o seu lugar se achou nos céus.” --- Quando João disse que “houve batalha no céu” ele estava se referindo à batalha que aconteceu contra os espíritos que hoje habitam no planeta terra. Mas como os tradutores da Bíblia não acreditavam na encarnação do espírito, o melhor meio para eles foi o de criar uma estória fantasiosa.
- Quando o tradutor escreveu que um “dragão” lutava contra Miguel (Jesus Cristo) e seus anjos, ele não traduziu a palavra “dragão” em sentido figurativo e sim no sentido literal. Mas nós que conhecemos o Evangelho Eterno sabemos que este “dragão” citado por João não era literalmente (ou seja, no sentido real) um animal mitológico, mas representava o mal que a tudo devora.
- Observe bem a diferença de como o planeta terra era no início dos tempos e como ele se encontra hoje. Ele está degradado e cheio de maldade.
= Mas ele está sendo destruído pelo bem, ou pelo mal? É claro que é pelo mal. E este mal sai de onde? O mal sai da natureza humana!
>> Quando o apóstolo João narrou estas revelações ele estava se referindo a uma era remota. E foi neste tempo que aconteceu esta guerra onde os habitantes (que hoje habitam o planeta terra) foram expulsos do planeta em que habitavam e jogados aqui. Por isso foi dito que “não prevaleceram, nem mais o seu lugar se achou nos céus” ele se referia ao “dragão” (o mal, o pecado, a desobediência...) e a seus anjos, os espíritos que desobedeceram praticando o que era mal diante de Deus. E não tendo mais lugar para nós naquele planeta em que habitávamos (porque ele foi restaurado) fomos precipitados para a terra.
- O planeta onde habitávamos era um céu onde o sistema passou de material para espiritual após aquela guerra. A terra também é um céu (de sistema material), pois ela também está na expansão. A respeito disso, leia o que Jó disse no Cp.26, V.7 de seu livro: “O norte estende sobre o vazio; suspende a terra sobre o nada.” --- Portanto; como a terra poderia não ser um céu?
- Quando foi dito que: “E o seu lugar não se achou nos céus” neste caso, o tradutor deveria ter colocado esta palavra “céus” no singular “céu” por que aqueles espíritos estavam habitando apenas um planeta que se encontrava (ou se encontra) na expansão dos “céus.” Mas além daquele existiam (ou existem) milhares e milhares de outros planetas. Porque se não existisse mais lugar para o mal habitar; ele não teria ocupado a terra.
- Continuando nos Vs.9 até o 17  podemos ver vários pontos onde faltou sabedoria de interpretação; vejamos: No V.9 diz: “E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, chamada o diabo, e satanás, que engana todo o mundo; ele foi precipitado na terra, e os seus anjos foram lançados com ele.” = Agora eu pergunto aos estudiosos da Bíblia: Neste tempo a terra já estava habitada com seres humanos? Porque se a terra já estivesse habitada por seres humanos nenhum deles estava perdido. Como era que Deus iria jogar o dragão (a antiga serpente chamada de diabo e satanás) que engana todo mundo juntamente com seus anjos maus, em cima dos inocentes da terra? Foi assim (como as igrejas dizem) que Deus amou o mundo de tal maneira? Se foi assim; eu queria que ele tivesse amado o mundo de outra maneira; mas desta não.
- No V.10 ele diz: “E ouvi uma grande voz do céu, que dizia: Agora chegada está a salvação, e a força, e o reino do nosso Deus, e o poder do seu Cristo.” -- Neste trecho dá para se entender que este mundo passou do domínio material para o espiritual sob o domínio de Cristo).
- Continuando ele disse: “Porque já o acusador de nossos irmãos é derribado, o qual diante do nosso Deus os acusava de dia e de noite.” -- Já neste trecho o tradutor quis dar o entender de que o “acusador” se tratava de um diabo mesmo. Mas no livro dos Salmos no Cp.139, V.12 diz que “a noite resplandece como o dia; e que as trevas e a luz são para Deus a mesma coisa.” Portanto quem poderia nos acusar diante de Deus de dia e de noite, se  diante do nosso Deus não existe noite?
- No V.11 diz: “E eles o venceram pelo sangue do Cordeiro e pela palavra do seu testemunho; e não amaram as suas vidas até a morte.” --- Veja que absurdo o tradutor escreveu neste versículo! Eu só quero saber se Jesus morreu nesta batalha que houve no céu, juntamente com os que não amaram a sua vida até a morte! Porque as escrituras não diz que Jesus morreu em outro mundo além do nosso planeta (a terra).
- No V.12 diz: “Pelo que alegrai-vos, ó céus, e vós que neles habitais. Ai dos que habitam na terra e no mar; porque o diabo desceu a vós, e tem grande ira sabendo que já tem pouco tempo.” -- Observe bem a invenção do tradutor: Ele disse no início que Miguel estava lutando contra um grande dragão que passou a ser diabo. Dá-se ao entender neste versículo que o diabo não queria vir para a terra, por isso ele desceu com raiva porque havia pouco tempo para ele. Mas eu não sei se ele desceu com raiva porque veio para passar pouco tempo aqui, ou se é porque Deus vai expulsá-lo novamente para outro lugar; o que eu sei é que isso já faz mais de dois mil anos. Por isso ele deve já estar tão acostumado com a corrupção do mundo que não quer mais sair daqui.
--- Veja que confusão! Agora no versículo a seguir não se trata mais de um diabo e sim de um dragão!
- Vs.13 a 15: “E, quando o dragão viu que fora lançado na terra, perseguiu a mulher que dera à luz o varão (que é Cristo)”. --- A tradução deste trecho da visão de João foi feita pelos tradutores sem um pingo de conhecimento.
= Será que o diabo veio dormindo e por isso só deu fé que foi lançado na terra quando bateu nela? Será que o diabo veio dormindo na velocidade de uma tartaruga e Jesus veio rápido como um relâmpago para que desse tempo de entrar no ventre de Maria, nascer, e dar tempo de Maria fazer carreira com ele nos braços por causa do diabo que vinha logo atrás para persegui-la? Se o entendimento for este Jesus morreu na guerra para que pudesse nascer aqui antes do diabo chegar.
- Outro absurdo é dizer que após Jesus Cristo (Miguel) e seus anjos ter derrotado o diabo na batalha lá no céu, Deus expulsou o diabo junto com seus anjos malignos para a terra que já estava cheia de pessoas inocentes. Se fosse assim, Deus seria um Deus injusto.
Eles traduziram a visão de João como se fosse uma estória de “carochinha.” Está provado que isto é uma estória mentirosa e supersticiosa, que não tem nada de mistério. Quem inventou este “mistério” foram os tradutores romanos, que por não ter os dons do Espírito Santo de Deus para entender as escrituras, designaram como “mistério” todas as partes que eles não puderam entender para conformar o povo, e cessar as indagações.
-- Em Deus não existe mistério! Porque para esta humanidade pecadora Ele deu os dez mandamentos, que Roma se encarregou de quebrar para desviar o povo, e levá-los ao caminho da maldição. É por isso que se veem muitos erros e contradições nas escrituras; o que não tem nada de mistério e sim falta de conhecimento. “Porque todas as coisas estão nuas e patentes aos olhos de Deus com quem temos de tratar.” (Hebreus Cp.4, V.13)
>>> Os profetas sabiam do acontecimento desta guerra. Davi, Salomão, Isaías, Jó, Jeremias e todos os outros grandes homens de Deus. Pois eles também tinham conhecimento sobre a evolução do universo. <<<
-- Depois que Cristo (a luz do mundo) saiu da terra, veio os enganadores dizendo-se seus discípulos e servos. Mas eles vieram só para mentir, enganar, e desfrutar de bens materiais. Porque as ciências de Deus estão muito longe deles.
>>> Vejamos agora o sentido real dessa guerra e como ela aconteceu no céu:
No livro de Jó no Cp.15, V.15 ele mesmo disse que “nem os céus são puros aos olhos de Deus.” Mas porque os céus são impuros? Você sabe?
Já vimos que existem milhões de mundos que são criados dentro do universo. Quando a vida começa a se manifestar em um planeta desses, ela vem em milhões de formas de vida diferentes e muito atrasadinhas. Muitas delas evoluem até chegar ao animal quadrúpede. Mas isso leva muitos séculos. As vidas vão se transformando dentro da cadeia da evolução até chegar a esta forma humana, isso durou milhões de anos. Quando esta forma humana apareceu veio sendo conhecedora do bem e do mal.
Eu não acredito que o homem apareceu na terra como está escrito em Gênesis no Cp.2, Vs.6 e 7. Tampouco acredito que Maduk tenha escrito isto realmente; porque Maduk era um sacerdote da Babilônia que era muito inteligente e sábio, por isso creio que ele não escreveria uma tolice dessas. Ou então ele deveria ser um estudioso em anatomia humana.
- Em Isaías Cp.66, V.8 ele mesmo disse: “Quem jamais ouviu tal cousa? Quem viu cousas semelhantes? Poder-se-ia fazer nascer uma terra num só dia? Nasceria uma nação de uma só vez?” -- Isto é impossível! Tudo tem o seu tempo determinado.
- No livro dos Salmos Cp.102, Vs.25 a 28 Davi disse: “Desde a antiguidade fundaste a terra; e os céus são obra das tuas mãos; Eles perecerão, mas tu permanecerás: Todos eles, como um vestido, envelhecerão; como roupa os mudarás, e ficarão mudados.” – Isto acontece em todos os mundos materiais, porque os homens deixaram aquela forma quadrúpede para andar só com dois pés; neste estágio ele já é conhecedor do bem e do mal.
- Em Gênesis Cp.3, V.7 diz: “Então foram abertos os olhos de ambos, e conheceram que estavam nus; e coseram folhas de figueira, e fizeram para si aventais.” --- Sabemos que o índio mais ligado às verdadeiras origens não sabe coser (costurar); e sim tecer. Em algumas tribos onde se conservam suas origens mais primitivas os índios andam nus, sem se preocupar com julgamentos alheios; porque estão vivendo dentro de seus reais costumes. Dependendo do grau de desenvolvimento ou de aproximação com o meio civilizado, em algumas tribos a vestimenta varia indo desde um simples avental de penas, passando por uma tanga apenas para cobrir as partes íntimas, até roupas de confecção já em costura à máquina. Logo podemos dizer que Adão e Eva não coseram (ou costuraram) como o tradutor disse, porque não tinham esta habilidade. O tradutor se referiu a Adão e Eva como se fossem índios, mas na verdade ele deveria se referir a eles (em questão de costumes ou de aparecimento aqui na terra), ao primeiro homem primitivo: Ou seja, o homem de Neandertal. O qual não tinha ainda uma mente evoluída totalmente, nem seus costumes ainda eram definidos. O que justificaria o fato deles não enxergarem o mal em si mesmos. Por isso quando ele disse que Adão e Eva “costuraram” ele quis dizer que eles já viviam em uma civilização bem adiantada. Mas sabe-se que isto não aconteceu.
Todos os seres humanos passaram para esta forma. Só os insensatos não creem nisso. O cérebro do homem primitivo (durante sua evolução) com o tempo foi aumentando de tamanho, e com isso foi aumentando o raciocínio até alcançarem certa inteligência, a ponto de começarem construindo abrigos, chegando a comunidades mais civilizadas. E hoje podemos presenciar o crescimento de cidades cada vez mais modernas; dando abertura para a evolução da ciência e da tecnologia. Quando os seres humanos chegam a esta consciência em um planeta em plena evolução; Deus começa a enviar espíritos mais civilizados para falar aos homens as suas palavras como código divino; revelando seus estatutos, seus mandamentos e sua lei. Uns aceitam e outros não. Os que vão aceitando os mandamentos do Criador são contados como filhos, pois vão se desligando do sistema do mundo, dispensando assim os prazeres da vida por causa das promessas dadas por Deus em promessa de um sistema melhor onde existe justiça, saúde, vida, e paz.
- Não demora muito a surgirem homens rebeldes que criam religiões pagãs que se levantam contra os estatutos do Criador, e tentam desfazer-se das leis e das promessas do Grande Deus; O Soberano do universo. O mundo se enche de religiões falsas apenas com o intuito de mentir e explorar a humanidade, prendendo-os no sistema do mundo, e na vaidade da carne. Isto é o que provoca a ira de Deus.
A destruição que você está vendo hoje na terra é o retrato do passado do mundo onde nós um dia vivemos. Naquele tempo nós também não aceitamos os estatutos divinos de Deus, que foi trazido até nós através do evangelho eterno; porque estávamos do lado do mal. Foi aí que houve aquela batalha terrível do bem contra o mal, onde todos nós (que estávamos participando desta batalha contra o nosso Deus) fomos mortos, e os nosso espíritos foram lançados para o planeta terra. Todos miseravelmente desgraçados e sem esperança de obter a misericórdia de Deus; porque todos nós fomos abandonados por Deus e destituídos de sua glória como inimigos do Criador.
Uma chuva imensa de espíritos perdidos foi lançada a terra na sombra da morte. Foram milhões de anos para que nós alcançássemos novamente a forma humana. Quando chegamos à forma humana e obtivemos consciência, começamos a buscar a Deus. E por ter perdido o direito de filhos, começamos a fazer imagens humanas (deuses) para nos proteger. Muitos sacrifícios (inclusive de crianças) foram feitos a estes deuses. Depois vieram para a terra os espíritos dos grandes líderes do passado remoto para governar e também oprimir o povo.
- No livro de Lamentações Cp.3, Vs.22 e 23 diz que “as misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos; porque as suas misericórdias não têm fim. Novas são a cada manhã; grande é a tua fidelidade.”
- Em Isaías no Cp.64, V.5 diz: “Saíste ao encontro daquele que se alegrava e praticava justiça, daqueles que se lembram de ti nos teus caminhos: eis que te iraste porque pecamos; neles há eternidade, para que sejamos salvos.”      --- Veja quão grandiosa é a misericórdia de Deus dentro da eternidade! Os dias que existem dentro da eternidade são passatempos de Deus. Pois para Ele um dia é como mil anos, e mil anos como um dia ( II Pedro Cp.3, V8 ). Ai! De quem cair no passatempo de Deus. Assim como nós ainda estamos passando. Mas damos muitas graças a Deus por ter alcançado uma esperança tão maravilhosa para entrar no reino; através do evangelho eterno.
Como já foi dito, os grandes espíritos (que foram os grandes líderes no passado remoto) criaram a grande cidade da Babilônia. Eles começaram praticando justiça e invocando o nome do Grande Deus Jeová que é o verdadeiro Deus. Eles agradaram a Deus ao ponto de Nabucodonosor rei de Babilônia ser chamado por Deus de servo (Jeremias Cp.27, V.6).
Mas isso durou pouco tempo; pois Babilônia caiu na corrupção perdendo o esplendor, a magnificência, o poderio, e a grandeza que possuía. Não tardou muito e veio a sua destruição.
- No Cp.13, Vs.19 a 22 Isaías falou sobre a destruição de Babilônia quando disse: “E Babilônia, o ornamento dos reinos, a glória e a soberba dos caldeus será como Sodoma e Gomorra, quando Deus as transtornou. Nunca mais será habitada, nem reedificada de geração em geração: nem o árabe armará ali sua tenda, nem tão pouco os pastores ali farão deitar os seus rebanhos. Mas as feras do deserto repousarão ali, e as suas casas se encherão de horríveis animais; e ali habitarão as avestruzes, e os sátiros pularão ali. E as feras que uivam gritarão umas às outras nos seus palácios vazios, como também os chacais nos seus palácios de prazer; pois bem perto já vem chegando o seu tempo, e os seus dias não se prolongarão.”
>>> No ano 538 Ciro da Pérsia destruiu a antiga Babilônia, ela foi desativada na Caldéia. Os mesmos espíritos apareceram na Itália e fundaram Roma em 753 antes de Cristo. Aí estava erguida a segunda Babilônia. <<<
- Nós sabemos que quando Jesus Cristo chegou aqui na terra, Jerusalém estava cativa pelo poder de Roma. E Jesus nasceu justamente durante o governo de Herodes; que era imperador daquela época. Portanto vamos agora saber quem foi Herodes.
- Em Mateus no Cp.2, Vs.1 a 14 diz: “E tendo nascido Jesus em Belém da Judéia no tempo do rei Herodes, eis que uns magos vieram do oriente a Jerusalém dizendo: Onde está aquele que é nascido rei dos judeus? Porque vimos a sua estrela no oriente, e viemos a adorá-lo. E o rei Herodes, ouvindo isto, perturbou-se, e toda Jerusalém com ele. E, congregados todos os príncipes dos sacerdotes, e os escribas do povo, perguntou-lhes onde havia de nascer o Cristo. E eles lhe disseram: Em Belém da Judéia; porque assim está escrito pelo profeta: E tu, Belém terra de Judá, de modo nenhum és a menor entre as capitais de Judá; porque de ti sairá o Guia que há de apascentar o meu povo de Israel. Então Herodes, chamando secretamente os magos, inquiriu exatamente deles acerca do tempo em que a estrela aparecera. E, enviando-os a Belém, disse: Ide, e perguntai diligentemente pelo menino, e quando o achares, participai-mo, para que também eu vá e o adore. E, tendo ouvido o rei, partiram; e eis que a estrela que tinham visto no oriente, ia adiante deles, até que, chegando, se deteve sobre o lugar onde estava o menino. E, vendo eles a estrela, alegraram-se muito com grande alegria. E, entrando na casa, acharam o menino com Maria sua mãe, e prostrando-se, o adoraram; e abrindo os seus tesouros, lhe ofertaram dádivas: ouro, incenso, e mirra. E, sendo por divina revelação avisados em sonhos para que não voltassem para junto de Herodes, partiram para sua terra por outro caminho.
E, tendo-se eles retirado, eis que o anjo do Senhor apareceu a José em sonhos dizendo: Levanta-te, e toma o menino e sua mãe, e foge para o Egito, e demora-te lá até que eu te diga; porque Herodes há de procurar o menino  para o matar. E, levantando-se ele, tomou o menino e sua mãe, de noite, e foi para o Egito. E esteve lá até à morte de Herodes, para que se cumprisse o que foi dito da parte do Senhor pelo profeta que diz: Do Egito chamei o meu Filho. Então Herodes vendo que tinha sido iludido pelos magos, irritou-se muito, e mandou matar todos os meninos que havia em Belém, e em todos os seus contornos, de dois anos para baixo, segundo o tempo que diligentemente inquirira dos magos.”
- Herodes morreu com setenta anos de idade no ano 4 antes de nossa era; trinta e seis anos depois de Roma o haver nomeado rei. Imediatamente depois de sua morte teria ocorrido um eclipse da lua, cuja data precisa (13 de março) foi calculada pelos astrônomos modernos.
- Flávio Josefo julga Herodes com grande severidade quando escreve sobre ele alguns decênios mais tarde: “Não era um rei e sim o tirano mais cruel que já conseguiu reinar. Assassinou uma multidão de homens e a sorte dos que deixou com vida era tão triste que os que morreram se poderiam considerar felizes. Martirizou seus súditos e malbaratou toda a fazenda pública, Para embelezar cidades estrangeiras saqueava as próprias e presenteava povos estrangeiros com o sangue dos judeus. Em consequência disso, em vez do antigo bem estar e dos bons costumes tradicionais veio o empobrecimento completo e a completa desmoralização do povo. Em suma, nos poucos anos do reinado de Herodes os judeus sofreram mais tribulações do que seus antepassados no longo período de tempo que mediou a saída de Babilônia e o regresso sob Xerxes.” 
Em trinta e seis anos quase não se passou um dia sem uma execução. Herodes não poupava ninguém, nem a própria família, nem os amigos mais íntimos, nem os sacerdotes, nem o povo. Em sua lista de assassinatos contam-se dois maridos de sua irmã Salomé, a esposa Mariame e seus filhos Alexandre e Aristobulo. Mandou afogar o cunhado no Jordão e eliminar a sogra Alexandra. Dois sábios, que arrancaram a águia dourada romana da porta do templo, foram queimados vivos; Hircano, o último da raça dos Hasmoneus, foi morto. Extirpou radicalmente famílias nobres, afastou muitos fariseus do seu caminho. Cinco dias antes de morrer, já velho, mandou matar seu filho Antipatro. E isto é apenas uma fração das atrocidades daquele que “como soberano foi um animal feroz”.
Dado o caráter horrendo desse homem, é perfeitamente razoável atribuir-lhe a degolação dos inocentes em Belém, de que a Bíblia o acusa (Mateus Cp.2, V.16). Depois do assassinato de Antipatro, Herodes nomeou sucessores, por testamento, no leito de morte, três de seus filhos mais jovens: Arquelau, herdeiro da realeza, Herodes Antipas e Filipe, tetrarcas, soberanos de Galiléia e Peréia, de uma parte da Jordânia oriental e da região situada ao nordeste do Lago de Genesaré. Arquelau foi reconhecido por sua família e aclamado pelos soldados de Herodes (germanos, gauleses e trácios). Mas através do País, quando se espalhou a notícia da morte do déspota, houve rebeliões de uma violência tal como o povo judeu raramente havia experimentado. Ao seu ódio surdo à raça dos herodianos misturavam-se a revolta contra os romanos.
Em vez de lamentações pela morte de Herodes, houve lamentações por suas vítimas inocentes. O povo reclamava uma expiação pelos sábios Jehuda ben Safira e Matatias ben Margolot, que tinham sido queimados vivos. Arquelau respondeu enviando suas tropas a Jerusalém. Num só dia foram chacinadas 3.000 mil pessoas. O pátio do templo ficou juncado de cadáveres. Esse primeiro ato de Arquelau revelou subitamente o seu verdadeiro caráter; o filho de Herodes não ficava atrás do pai em crueldade e espírito de injustiça. (Fonte: A Bíblia tinha razão.) --- Arquelau odiava a guarda de Herodes por causa dos seus irmãos que foram mortos por ela a mando de seu pai.
--- Voltando ao Cp.12, Vs.7 a 17 de Apocalipse podemos ver que o tradutor fantasiou esta estória apenas para por superstições no coração dos insensatos. Porque é provado que a revelação de João não deveria ter sido interpretada da maneira infantil como foi pelos tradutores.
- Portanto quando ele disse no V.13 que “quando o dragão viu que fora lançado na terra perseguiu a mulher que dera à luz um filho varão” podemos ver dois pontos críticos: Um dos pontos é o que se dá a entender que o dragão poderia ter sido jogado a terra dormindo, e só acordou após bater no solo. O outro ponto é que em Daniel Cp.12, V.1 diz que Miguel é Cristo. Pois bem, em Apocalipse 12:7 a 9 lemos que Cristo batalhou contra o dragão (que uma hora o tradutor diz que é um dragão, e na outra, diz que é o diabo) mas o dragão não prevaleceu e nem mais seu lugar se achou nos céus. Depois diz que o dragão foi precipitado a terra, e ao chegar aqui encontrou Maria que já havia dado à luz, e estava com Jesus nos braços. Esta confusão do tradutor dá o entender que: para Jesus já ter nascido aqui, o mesmo dragão que perdeu a batalha deveria tê-lo matado lá no céu onde houve a batalha. Porque (para o tradutor) o dragão perdeu, mais chegou aqui inteiro para aterrorizar a terra. Veja só que confusão! Há, Há, Há. Isso dá até vontade de rir. Porque se Jesus nasceu aqui na terra é porque morreu. Ou não?
Agora segundo o tradutor, isso aconteceu com uma rapidez tremenda, pois Jesus terminou a guerra lá contra o diabo e quando o diabo chegou aqui na terra Jesus já havia nascido. Só se o espírito de Jesus desceu lá do céu na velocidade de um relâmpago para rapidamente encarnar no ventre de Maria e nascer; e o diabo desceu lá do céu na velocidade de uma tartaruga. Para que assim desse tempo de Maria engravidar, passar a gestação, dar à luz a Jesus, e correr com ele nos braços porque o diabo estava logo atrás perseguindo Jesus, Maria e José.
Este tipo de revelação confusa é do evangelho de Martinho Lutero. Ele misturou duas revelações totalmente diferentes em uma só; e não as soube revelar. E os tradutores sem conhecimento o ajudou fazendo confusão com o significado das coisas.
- Leitor o nascimento de Cristo não tem nada a ver com a guerra que houve do bem contra o mal há muitos milhões de anos atrás. Acontecimento este, que mandou espíritos para uma terra onde ainda não havia ninguém. O mesmo vai acontecer com o planeta terra daqui a algum tempo. Serão lançados daqui para fora milhões de espíritos perdidos para outro mundo na devastação do planeta terra; quando novamente haverá separação do bem e do mal.
A semente do mal vai desocupar o planeta depois da segunda devastação. A respeito disso veja o que Deus disse no livro dos Salmos Cp.101, V.8: “Pela manhã destruirei todos os ímpios da terra, para desarraigar da cidade do Senhor todos que praticam a iniquidade.”
-- Em Zacarias no Cp.14, Vs.6 a 9 diz: “E acontecerá naquele dia, que não haverá preciosa luz nem espessa escuridão. Mas será um dia conhecido do Senhor; nem dia nem noite será; e acontecerá que no tempo da tarde haverá luz (Esta luz é a luz do sol do novo sistema do mundo). Naquele dia também acontecerá que correrão de Jerusalém águas vivas, metade delas para o mar oriental, e metade delas até o mar ao mar ocidental: no estio e no inverno sucederá isto. E o Senhor (Jesus) será rei sobre toda a terra: naquele dia um será o Senhor, e um será o seu nome.
- No livro de Isaías Cp.25, Vs.7 e 8 Deus disse: “E destruirá neste monte a máscara do rosto, com que todos os povos andam cobertos, e o véu com que todas as nações se escondem. Aniquilará a morte para sempre, e assim enxugará o Senhor Jeová as lágrimas de todos os rostos, e tirará o opróbrio do seu povo de toda a terra; porque o Senhor o disse.” --- Isto acontece em todos os mundos dentro do universo, quando os mundos passam do sistema material, para o sistema espiritual. É quando acontece a batalha do bem contra o mal; porém o mal nunca prevalece. Mas é jogado fora para outros mundos inferiores. Porque o nosso espírito é eterno: E como o fogo; em um canto ele se apaga, e em outro se acende.
- Observe bem o que está escrito em Jó no Cp.38, Vs.12 a 14 onde ele mesmo disse: “Ou desde os teus dias deste ordem à madrugada, ou mostraste à alva o seu lugar; para que se agarrasse nas extremidades da terra, e os ímpios fossem sacudidos dela? Tudo se transforma como o barro, sob o selo, e se põe como vestidos.” --- Este é o destino dos que habitam aqui na terra. Já está se aproximando o dia dos ímpios desocuparem o planeta terra para sempre.
- Leitor; o dragão citado em Apocalipse no Cp.12, V.13 representa Herodes. Foi ele quem matou todas as crianças de dois anos para baixo, e perseguiu (através de seus exércitos ) Maria a mãe de Jesus.
-- Prosseguindo com o Cp.12 de Apocalipse, no V.14 diz: “E foram dadas à mulher duas asas de grande águia, para que voasse para o deserto, ao seu lugar, onde é sustentada por um tempo, e tempos, e metade de um tempo, fora da vista da serpente.”
- Vejamos o que diz em Mateus Cp.2 Vs.11 e 12 que diz: “E entrando os magos na casa, acharam o menino com Maria sua mãe, e prostrando-se, o adoraram; e abrindo os seus tesouros, lhe ofertaram dádivas: ouro, incenso e mirra. E, sendo por divina revelação avisados em sonhos para que não voltassem para junto de Herodes, partiram para a sua terra por outro caminho. E, tendo-se eles retirado, eis que o anjo do Senhor apareceu a José em sonhos , dizendo: Levanta-te, e toma o menino e sua mãe, e foge para o Egito, e demora-te lá até que eu te diga; porque Herodes há de procurar o menino para o matar. E, levantando-se ele, tomou o menino e sua mãe, de noite, e foi para o Egito.” --- Estas foram as duas asas de grande águia dadas à mulher. Essas asas de águia representa a viagem apressada para o Egito. José partiu com Maria e o menino na mesma noite em que houve a aparição do anjo a José em sonhos.
- No Cp.12 de Apocalipse Vs.15 e 16 quando ele diz que “a serpente lançou da sua boca, atrás da mulher água como um rio para que pela corrente a fizesse arrebatar. E a terra ajudou a mulher; e a terra abriu a sua boca e tragou o rio que o dragão lançara da sua boca.” --- Esta serpente também representa o imperador Herodes; e o rio que ele lançou de sua boca representa os 3.000 soldados da guarda de Herodes. Arquelau filho de Herodes odiava estes soldados porque seus irmão e parentes foram assassinados por eles; a mando de Herodes, seu pai. Portanto a terra que abriu a boca representa Arquelau, que depois da morte de seu pai mandou que matassem a todos os soldados que fizeram parte da guarda de Herodes. O pátio do templo ficou juncado (coberto) de cadáveres. E este foi o primeiro ato de Arquelau como imperador.
- Em Mateus Cp.2, Vs.19 a 23 diz: “Morto porém Herodes, eis que o anjo do Senhor apareceu num sonho a José no Egito dizendo: Levanta-te, e toma o menino e sua mãe, e vai para a terra de Israel; porque já estão mortos os que procuravam a morte do menino.” --- Observe bem que a palavra “mortos” está no plural. Portanto não foi apenas Herodes que havia morrido. Morreu Herodes e o rio que ele havia lançado de sua boca (os soldados) para que matassem aqueles meninos inocentes. Herodes e seus soldados pagaram aquele infanticídio com suas próprias vidas.
= Continuando ainda em Mateus diz: “Então José se levantou, e tomou o menino e sua mãe, e foi para a terra de Israel. E ouvindo que Arqueleau reinava na Judéia em lugar de Herodes, seu pai, receou ir para lá: mas avisado em sonhos por divina revelação, foi para as partes da Galileia. E chegou, e habitou numa cidade chamada Nazaré, para que se cumprisse o que fora dito pelos profetas: Ele será chamado Nazareno.” --- Esta estória não tem nada a ver com aquela guerra que houve no planeta de onde esta humanidade que aqui hoje se encontra foi expulsa. Os espíritos desta humanidade foram jogados aqui na terra totalmente perdidos e destituídos da glória de Deus. Eles foram jogados aqui na terra há muitos milhões de anos atrás. Por isso em Romanos no Cp.3, V.23 Paulo disse: “Porque todos pecaram e estão destituídos da glória de Deus.” ---- Mas nós temos que saber exatamente onde todos nós pecamos para que fossemos totalmente destituídos da glória de Deus.
- Veja bem o que diz em Romanos Cp.5, V.12: “Pelo que, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte. Assim também a morte passou a todos os homens por isso que todos pecaram.”
>>> Eu creio que Paulo não era um neném para escrever uma contradição dessas; porque ele tinha inspiração e sabedoria divina; pois no livro de Jeremias no Cp.31, Vs.29 e 30 diz: “Naqueles dias nunca mais dirão; os pais comeram uvas verdes, e os dentes dos filhos se embotaram. Mas cada um morrerá por sua iniquidade. De todo o homem que comer as uvas verdes os dentes se embotarão.” --- Portanto o pecado cometido pelos pais, não tem nada a ver com os filhos; pois cada um paga pelo seu pecado.
- Também em Ezequiel no Cp.18, V.20 diz: “A alma que pecar, essa morrerá: o filho não levará a maldade do pai, nem o pai levará a maldade do filho: a justiça do justo ficará sobre ele, e a impiedade do ímpio cairá sobre ele.”
- Ainda em II Crônicas Cp.25, V.4 diz: “Porém não matou a seus filhos, mas fez como na lei está escrito, no livro de Moisés, como o Senhor ordenou, dizendo: Não morrerão os pais pelos filhos, nem os filhos morrerão pelos pais; mas cada um morrerá pelo seu pecado.”
= Sendo assim, eu pergunto: Como é que o pecado de Adão poderia ter passado para todos os homens para que pagassem por ele; se nem um filho (sangue do mesmo sangue) paga pelo pecado de seu pai?
= Se realmente estivéssemos pagando pelo pecado de Adão, o entendimento desta estória seria o seguinte: Se o pecado entrou no mundo por Adão, e o pecado de Adão contaminou todos os homens; o diabo (como eles dizem) entrou no mundo sem pecado algum. E neste caso, não foi o diabo quem tentou Adão; foi Adão quem tentou o diabo. Por isso ele foi expulso do jardim, e Deus, não expulsou o diabo. Quem pagou o pato foi Adão. Porque o pecado só teria entrado no mundo por causa de Adão; como foi escrito pelos tradutores em Romanos Cp.5, V.12. Por isso eu não acredito que o apóstolo Paulo escreveria uma contradição dessas. Porque este versículo que foi imputado a Paulo, contraria o que está escrito em Jeremias Cp.31, Vs.29 e 30; Ezequiel Cp.18, V.20; e em II Crônicas Cp.25, V.4; como já vimos.
- Em I João Cp.3, V.8 ele mesmo disse que “quem comete pecado é do diabo; porque o diabo peca desde o princípio, para isto o filho de Deus se manifestou: para desfazer as obras do diabo (e não a de Adão).” --- Aqui está um versículo que contradiz claramente o versículo que foi imputado a Paulo em Romanos Cp.5, V12, porque um diz que o culpado de o pecado entrar no mundo foi Adão; já no versículo de João diz que o diabo peca desde o princípio.
- Agora eu quero saber dos líderes religiosos: Por quem a final de contas o pecado entrou no mundo? Foi por Adão ou foi pelo diabo?
- Basta de tanto engano! Já está se aproximando a hora de a verdade ser esclarecida!
- Em Apocalipse Cp.12, Vs.12 e 13 (segundo o tradutor dessa estória), quando o diabo perdeu a batalha no céu e quando ele chegou a terra, Maria já havia dado à luz ao menino Jesus.
- Saiba que antes de Jesus nascer Deus já tinha derramado o dilúvio; e depois destruiu Sodoma e Gomorra. Agora eu volto a perguntar: Isto aconteceu por causa do pecado de Adão; ou foi por causa do diabo?
= Eu quero saber; quem tentou Adão no jardim do Éden. Porque segundo o que os tradutores da Bíblia escreveram no Cp.12, Vs.12 e 13 de Apocalipse fazem apenas 2014 anos que o diabo caiu do céu.
- Em João no Cp.3, V.13 Jesus disse: “Ora, ninguém subiu ao céu, senão o que desceu do céu, o Filho do homem, que está no céu.”
- Em Efésios Cp.4, V.10 Paulo disse: “Aquele que desceu, é o mesmo que subiu acima de todos os céus, para cumprir todas as coisas.” --- Porque se eles dizem que este diabo só desceu do céu para perseguir Maria com o menino Jesus; eles têm que explicar para o mundo quem tentou Adão!
--- Parece que o povo do mundo nunca examinou as escrituras, para saber que este diabo nunca existiu do modo como as igrejas falam. Isto foi uma fantasia criada pela antiga Babilônia, que criou uma superstição na mente do povo ignorante da antiguidade que pouco sabia ler. Aquele povo da antiguidade vivia à base da superstição, amedrontado por causa das estórias inventadas sobre diabo e inferno de fogo. Acreditar nesse tipo de coisa nos dias de hoje faz até vergonha. Se hoje um pessoa estuda para se formar em teologia para assumir o lugar de pastor ou de sacerdote e prega uma mentira dessas está desonrando o nome de Deus. Em vez de mostrar o retorno da vida, a justiça e o juízo de Deus que é aqui na terra debaixo do sol, eles pregam superstições dos tempos antigos.
Eles nunca educaram o povo no conhecimento espiritual (nas ciências de Deus) e nem material (nas ciências dos homens). Eles também nunca pregaram para o povo a cerca da prostituição e quais são as misérias que ela traz para o mundo. Ai dos habitantes da terra! Por causa da prostituição que encheu o mundo de demônios irreconciliáveis. Porque diabo é uma ação criada pela natureza humana (portanto, todo aquele que pratica o que não presta é “um diabo” porque se opõe ao Criador do universo).
- Em Mateus Cp.15, V.19 Jesus disse: “Porque do coração procedem os maus pensamentos, mortes, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos e blasfêmias.” --- Onde fica o diabo aqui?
- Em I Coríntios Cp.10, V.13 Paulo disse: “Não veio sobre vós tentação senão humana.”
- Em Gálatas Cp.5, Vs.19 a 21 Paulo também disse que “as obras da carne são manifestas, as quais são: Prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçarias, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o Reino de Deus.” ---- Ó insensatos! É claro que os seres humanos se fizerem tudo isso; só podem receber a patente de diabo!
- Em Tiago Cp.1, Vs.13 a 18 o próprio Tiago disse: “Ninguém, sendo tentado, diga: De Deus sou tentado; porque Deus não pode ser tentado pelo mal, e a ninguém tenta. Mas cada um é tentado, quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência. Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, sendo consumado, gera a morte. Não erreis, meus amados irmãos. Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação. Segundo a sua vontade, ele nos gerou pela palavra da verdade, para que fôssemos como primícias das suas criaturas.” --- Se todos considerassem estas palavras não seriam apenas primícias mas, verdadeiros filhos nas mãos de Deus. Mas nos dias de hoje, são pouquíssimos os que podem ser chamados de filhos e filhas.
O que se vê no mundo hoje são filhos da mentira, da corrupção, da depravação, da prostituição, da devassidão e da iniquidade. Esta é a semente satânica que está perturbando o mundo. São estes os verdadeiros diabos gerados pelos inimigos de Deus.
- Isto não era pra existir entre os seres humanos conhecedores do bem e do mal. Além disso, foram instituídos juízes e sacerdotes para educar o povo na parte espiritual, ensinando todos a guardarem os mandamentos, os preceitos, os estatutos, e as leis do Deus Eterno: O Criador de todo o universo. Pois este foi o trabalho imputado ao verdadeiro sacerdote que não adora imagens nem prega mitos. Mas que consagra a sua vida obedecendo às ordenanças de Deus dadas através de seus santos profetas e apóstolos; obedecendo aos mandamentos do Deus eterno e ouvindo a sua voz; assim como Ele ordenou em Êxodo Cp.20, Vs.1 a 17 que diz: “Então falou Deus todas estas palavras dizendo: Eu sou o Senhor teu Deus, que te tirei da terra do Egito, da casa da servidão. Não terás outros deuses diante de mim. Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem embaixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. Não te encurvarás a elas nem as servirás: porque Eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a maldade dos pais nos filhos até a terceira e quarta geração daqueles que me aborrecem.”
- No livro dos Salmos Cp.12, V.6 diz que “as palavras do Senhor são palavras puras, como prata refinada em forno de barro, purificada sete vezes.”             = Agora eu pergunto: Como é que um ser humano que passa cinco ou seis anos em um convento lendo as escrituras e as palavras escritas pelo dedo de Deus (como lemos em Êxodo), sai formado como sacerdote, faz uma imagem de uma pessoa que morreu há dois mil anos atrás como: Maria, José, Pedro, Paulo e outros mais, coloca aquela imagem nas costas, e seguem em procissão; ou as coloca em um pedestal para adorá-la?
>>> Saiba que todos os santos que foram assassinados pelo império romano (e mesmo os que não foram) como: Maria, José e outros, encarnaram e nasceram em outras civilizações espirituais.  Porque em Zacarias Cp.3, V.7 Deus disse para Josué: “E te darei lugar entre os que estão aqui.” --- Se ele disse para Josué que lhe daria lugar entre os que já estavam lá; é porque os que morrem aqui reencarnam em um mundo espiritual; onde não há lembrança de vidas passadas nem mais se recordarão (Isaías Cp.65, V.17).
-- Por isso os que invocam a Maria e a outros personagens Bíblicos, estão perdidos. Pois nela, e em todos eles, não existem mais lembranças da vida que tiveram aqui.
- Vejamos em detalhe este versículo de Isaías Cp.65, V.17 onde Deus disse: “Eis que eu crio céus novos e nova terra; e não haverá lembrança das cousas passadas, nem mais se recordarão.” --- Se não há lembrança é porque houve um esquecimento total; assim como Salomão falou em Eclesiastes Cp.1, V.11 que diz: “Já não há lembrança das cousas que precederam; e das cousas que hão de ser também delas não haverá lembrança nos que hão de vir depois.” --- Saiba que a cada encarnação o espírito entra em profundo esquecimento por causa da formação do corpo dentro dos nove meses de gestação. Tanto os que nascem neste mundo material corrupto, como os que nascem nos mundos espirituais onde não há mais pecado nem morte. O mesmo irá acontecer com o planeta terra no futuro.
- Em Apocalipse Cp.21, Vs.3 a 5 o apóstolo João disse: “E ouvi uma grande voz do céu que dizia: Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e o mesmo Deus estará com eles, e será o seu Deus. E Deus limpará de seus olhos toda a lágrima; e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas. E o que estava assentado sobre o trono disse: Eis que faço novas todas as coisas. E disse-me: Escreve; porque estas palavras são verdadeiras e fiéis.” ---- As palavras do Senhor são como prata refinada em forno de barro, purificada sete vezes. (Salmos Cp.12, V.6)
- Em Isaías Cp.25, V.8 diz; “Aniquilará a morte para sempre, e assim enxugará o Senhor Jeová as lágrimas de todos os rostos, e tirará o opróbrio do seu povo de toda a terra; porque o Senhor o disse.” --- Veja quantas promessas maravilhosas Deus tem prometido para o planeta terra!
- Ainda no livro de Isaías no Cp.33, V.24 Deus usou o profeta Isaías dizendo: “E morador nenhum dirá: Enfermo estou; porque o povo que habitar nela (na terra)  será absolvido da sua iniquidade.”
- Em Jeremias Cp.31, V.34 Deus usou o profeta Jeremias dizendo: “E não ensinará alguém mais a seu próximo nem alguém a seu irmão dizendo: Conhecei ao Senhor: porque todos me conhecerão, desde o mais pequeno deles até ao maior, diz o Senhor; porque lhes perdoarei a sua maldade, e nunca mais me lembrarei dos seus pecados.”
- Em Zacarias Cp.13, Vs.8 e 9 Deus usando o profeta Zacarias disse: “E acontecerá em toda a terra, diz o Senhor, que as duas partes dela serão extirpadas, e expirarão; mas a terceira parte restará nela. E farei passar esta terceira parte pelo fogo, e a purificarei, como se purifica a prata, e a provarei como se prova o ouro: Ela invocará o meu nome, e eu a ouvirei. Direi: É meu povo, e ela dirá: O Senhor é meu Deus.”
- Os pastores e os sacerdotes romanos que fazem parte deste segundo evangelho (que é o de Martinho Lutero), até os dias de hoje nunca falaram a verdade para o povo. Eles estão conduzindo o povo para um grande holocausto por causa da ira de Deus. Porque todos os dias eles provocam a ira de Deus sobre eles e sobre toda a humanidade; pois desviaram o povo da verdade de Deus. Eles fazem de Deus mentiroso porque desmentem as profecias que foram faladas por Deus pela boca de cada um dos profetas. E mentindo ao povo, negam o reino de Deus na terra, e convidam o povo para morar no céu. Os líderes das igrejas mundiais causaram toda a miséria do mundo com seus falsos ensinamentos.
= O evangelho eterno já está no mundo, mas quem poderá entrar nele? Ele é uma espada de dois fios, e para o mensageiro anunciá-lo como se deve é muito difícil; pois só os fiéis da terra entenderão!
- Por isso o Senhor nosso Deus disse: “Os meus olhos procurarão os fiéis da terra, para que estejam comigo: o que anda no caminho reto, este me servirá.” (Salmo 101, V.6)
- Em Lucas Cp.13, V.24 Jesus disse: “Porfiai por entrar pela porta estreita; porque eu vos digo que muitos procurarão entrar, e não poderão.” --- Esta é a porta do Evangelho Eterno.
- Em Marcos Cp.4, Vs.11 e 12 Jesus disse para os apóstolos: “A vós vos é dado saber os mistérios do reino de Deus, mas aos que estão de fora todas estas coisas se dizem por parábolas. Para que, vendo, vejam, e não percebam; e, ouvindo, ouçam, e não entendam; para que se não convertam, e lhes sejam perdoados os pecados.” --- Está provado o que Deus falou no livro dos Salmos Cp.101, V.6 como já foi visto.
- No livro de Isaías Cp.1, V.28 diz: “Mas os transgressores e os pecadores serão juntamente destruídos; e os que deixarem o Senhor serão consumidos.” --- Mas os pastores e sacerdotes líderes de igrejas que estão com o evangelho falso de Lutero, aceitam sem problema algum os pecadores; com o intuito de puxar o que eles têm de material. Em troca disso, o pastor oferece o céu para eles. Mas existe um ditado que diz: “Chapéu de otário é marreta!”
- Em Hebreus Cp.10, Vs.12 a 14 diz: “Mas este, havendo oferecido único sacrifício pelos pecados, está assentado para sempre à destra de Deus. Daqui em diante esperando até que os seus inimigos sejam postos por escabelo de seus pés. Porque com uma só oblação aperfeiçoou para sempre os que são santificados. (observe que o sacrifício de Cristo foi para aperfeiçoar os que são santificados. Porém os pecadores foram confundidos para não entenderem as palavras de Deus. Porque os pecadores tem que passar pela justiça de Deus; porque Jesus não veio para justificar ímpios - Provérbios Cp.17, V.15). – Continuando em Hebreus Cp.10, Vs.15 a 18 diz: “E também o Espírito Santo no-lo testifica, porque depois de haver dito: Este é o concerto que farei com eles depois daqueles dias, diz o Senhor: Porei as minhas leis em seus corações, e as escreverei em seus entendimentos; acrescenta: E jamais me lembrarei de seus pecados e de suas iniquidades. Ora, onde há remissão destes, não há mis oblação pelo pecado.”
= Agora eu pergunto a todos estes que confessam que são salvos pela graça: O que foi que o Espírito Santo escreveu no entendimento deles? Para que Deus não se lembre dos seus pecados? Quem já se viu graça apagar pecado de quem não aceita o conserto de Deus; e não possui as suas leis escritas no coração e nem no entendimento? Deste modo Deus nunca vai se esquecer dos seus pecados.
--- Quando diz em Hebreus no Cp.10, Vs.16 e 17 que “este é o concerto que farei com eles depois daqueles dias, diz o Senhor: Porei as minhas leis em seus corações e as escreverei em seus entendimentos; acrescenta: E jamais me lembrarei de seus pecados e de suas iniquidades.” --- Isto é porque o que faz Deus se esquecer dos pecados de alguém são as leis dele quando são escritas em seu coração e no seu entendimento. Porque o pecado é treva. Mas os mandamentos é uma lâmpada e a lei é uma luz (Provérbio Cp.6, V.23). Foi isso que Deus através do Espírito Santo escreveu no coração dos que seguem o Evangelho Eterno.
>>> A promessa da salvação pela graça e este arrebatamento falso, corrompeu a mente do povo. Quem escreveu isto na mente deles foi o espírito do erro por meio de Lutero. <<<
- Em Romanos Cp.16, Vs.25 e 26 o apóstolo Paulo disse: “Ora, aquele que é poderoso para confirmar segundo o meu evangelho e a pregação de Jesus Cristo, conforme a revelação do mistério que desde tempos eternos esteve oculto. Mas que se manifestou agora, e se notificou pelas escrituras dos profetas, segundo os mandamentos do Deus Eterno, a todas as nações pra obediência da fé.” --- Observe que este evangelho foi notificado pelas escrituras dos profetas segundo o mandamento do Deus Eterno. Os quais são os dez mandamentos onde está contida a guarda do santo sábado; o qual foi rejeitado por aqueles que não seguem o evangelho eterno.  
>>> Muitos até guardam o sábado, mas estão ligados ao evangelho falso de Martinho Lutero. Estes estão tomando um verdadeiro “banho de elefante!”
- Para finalizar no Cp.12, V.17 diz: “E o dragão irou-se contra a mulher, e foi fazer guerra ao resto da sua semente, os que guardam os mandamentos de Deus, e têm o testemunho de Jesus Cristo.” --- Este dragão como já sabemos representa Herodes. Mas Onde foi que o dragão fez guerra contra o resto da semente de Maria; e quem são estas sementes?
Saiba que Maria representava a pedra fundamental da igreja por meio do evangelho eterno. Por isso, todos os que nasceram do evangelho eterno e deram a vida por ele, representam o restante de sua semente. E este “resto da semente” representa os santos, que deram a vida por amor ao evangelho de Jesus Cristo seu Filho.
O dragão fez guerra quando o império romano (que era o trono do dragão) perseguiu e matou todos os santos. O império de Roma perseguiu os cristãos matando-os sem misericórdia.
- O Evangelho Eterno está de volta no mundo! Ele me foi revelado em 1967. Mas eu só pude anuncia-lo ao mundo no ano 2000. Faz 14 anos que a voz dele está ecoando no mundo novamente. Ele me ordenou que o anunciasse assim como também Deus ordenou a Noé que fizesse uma arca de madeira para salvar o povo; onde apenas oito pessoas se salvaram.
Eu realmente não sei quantas pessoas Deus vai salvar através deste Evangelho Eterno. Eu só sei que são pouquíssimas.
- Mas um sinal que eu posso lhe dar é este: Se você está se sentindo mal com o sistema do mundo por causa da injustiça, corrupção, devassidão, e pelas mentiras das igrejas mundanas. Corra para procurar conhecimento profundo no Evangelho Eterno! Esta é a única esperança para os que estão tristes e inconformados com as misérias que se vê aqui no mundo. Procure o Evangelho Eterno, pois ele é o único que vai fortalecer as suas esperanças.
No Evangelho Eterno não existem interesses lucrativos. Aqui não se paga dízimo e a oferta é voluntária. Portanto ninguém vai pedir nada do que é seu. Seja rico, seja pobre; não exigimos nada de ninguém. Aqui não existem curas e milagres. Não corremos atrás de bênçãos materiais; pois o próprio Senhor Jesus Cristo disse em Lucas Cp.14, V.33 que: “Se alguém não renunciar a tudo quanto tem, não pode ser meu discípulo.” --- Se ele está aconselhando você a renunciar; como é que ele vai lhe dar? Porque a intenção de Jesus não era de mandar você juntar tesouros (bênçãos, bens) materiais; e sim, se desfazer deles.
>>> O dilúvio aconteceu em seis países, e apenas oito pessoas se salvaram. Assim também é o evangelho eterno. Repito: Eu não sei quantas pessoas irão se salvar; mas Deus sabe.
Procure entrar no Evangelho Eterno assim como aquelas pessoas entraram na arca; pois ele é o único que pode te conduzir ao Reino de Deus aqui na terra! (Apocalipse Cp.11, Vs.15 a 18)
- Mais preste bem atenção: Se você vier para o Evangelho Eterno pensando que Deus através dele vai te dar bênçãos materiais... Esqueça! Porque o Evangelho Eterno vem trazendo justiça e juízo que são a base do trono de Deus (Salmo 89, V.14). Se isto lhe serve então siga; porque a felicidade está nele.
- O evangelho de Lutero não é um evangelho de salvação; é um evangelho de comércio que leva à perdição; pois só visa fins comerciais e lucrativos.
Se você vai crer ou não é entre você e Deus; mas você já foi avisado. Lembre-se de que Deus não tem o culpado por inocente (Êxodo Cp.34, V.7).


>>>>>>>>     Pare, olhe, escute e examine para poder seguir!   <<<<<<<<< 

Nenhum comentário:

Postar um comentário