SATANÁS (OU LÚCIFER) NÃO EXISTE. ESTA É UMA SUPERSTIÇÃO DAS RELIGIÕES PAGÃS.

Este povo da cristandade (ou seitas evangélicas) que saiu de Roma e que depois se dividiu pelo mundo, já existia mesmo antes de Martinho Lutero ser expulso de Roma em 1520. Os primeiros foram os Valdenses e os Albigenses. Pedro de Vaux, rico negociante de Leão, comovido com a leitura do evangelho e da vida dos santos, distribuiu seus bens aos pobres, mandou traduzir em vulgar (linguagem popular) a Bíblia, e pôs-se a pregar com outros leigos e algumas mulheres em 1177. Foi excomungado pelo arcebispo de Leão e depois pelo terceiro concilio lateranense em 1177. Os Valdenses, ou Pobres de Leão, foram novamente condenados em 1185 pelo Papa. A seita continuou, com diversos nomes, nos Alpes piemonteses até ao século da reforma protestante. Os Valdenses, aliás, eram como precursores dos reformados, só admitindo a exclusiva autoridade da Bíblia, rejeitando o culto dos santos. Com Inocêncio III, alguns voltaram ao seio do catolicismo; outros, mais tarde, adotaram as ideias de João Huss, e de Calvino (dos Valdenses para Lutero passou-se 343 anos). Desde o século X, aliás, as heresias invadiram a Europa, vinda do Oriente com o neo-manicheismo; foi, porém, nos séculos XII e XIII que, sob o nome de catarismo, rapidamente progrediu. Os Cátaros tinham tomado ao manicheismo a concepção dualista do mundo, admitindo a existência de dois deuses opostos, um do principio do bem e outro do mal, ambos eternos e independentes --- (Veja de onde partiu esta mentira maligna, que envolveu toda a humanidade com esta mentira supersticiosa). Os Valdenses eram contra as imagens, e o culto da cruz e todo o antigo testamento (para eles), era a obra do deus do mal, condenavam a guerra e pela proibição de qualquer juramento, abalavam os alicerces da sociedade feudal. Os Valdenses não admitiriam a teologia manicheista dos Cátaros, mas participaram de suas teorias antissociais. Como o principal foco do catarismo era a cidade de Albi, os Cátaros ficaram mais conhecidos na França pelo nome de Albigenses.
--- Aqui fica bem claro, que foram os Valdenses que criaram esta superstição mentirosa deste diabo como um rei das trevas, que é o deus oposto ao Grande e Soberano Deus Jeová.
--- Mas no livro dos Salmos no Cp.82, V.6 diz: “Eu disse: Vós sois deuses, e vós outros sois todos filhos do Altíssimo.” --- Todos nós saímos dele. Então; como não somos deuses?
- Em Isaías no Cp.41, V.23 Deus falou pela boca do profeta Isaías dizendo: “Anunciai-nos as coisas que ainda hão de vir, para que saibamos que sois deuses; fazei bem, ou fazei mal, para que nos assombremos, e juntamente o vejamos.”
- Em João no Cp.10, Vs.31 a 35 diz que “os Judeus pegaram então outra vez em pedras para o apedrejar. Respondeu-lhes Jesus: Tenho-vos mostrado muitas obras boas procedentes de meu Pai; por qual destas obras me apedrejais? Os judeus responderam, dizendo-lhe: Não te apedrejamos por alguma obra boa, mas pela blasfêmia, porque, sendo tu homem, te fazes Deus a ti mesmo. Respondeu-lhes Jesus: Não está escrito na vossa lei: Eu disse: Sois deuses? Pois, se a lei chamou deuses àqueles a quem a palavra de Deus foi dirigida (e a Escritura não pode ser anulada).” --- Agora vamos ver como está o coração destes deuses e as suas obras; porque estes deuses tem poder de fazer  o bem e de fazer o mau (segundo falou Isaías no Cp.41, V.23).
- Em Eclesiastes no Cp.8, V.11 diz: “Visto como se não executa logo o juízo sobre a má obra, por isso o coração dos filhos dos homens está inteiramente disposto para praticar o mal.”
- Em Mateus no Cp.15, V.19 Jesus disse: “Porque do coração procedem os maus pensamentos, mortes, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos e blasfêmias.”
- Em I Coríntios no Cp.10, V.13 diz que: “Não veio sobre vós tentação, senão humana; mas fiel é Deus, que vos não deixará tentar acima do que podeis, antes com a tentação dará também o escape, para que a possais suportar.”
- Em Gálatas no Cp.5, Vs.19 a 24 Paulo disse: “Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: Prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçarias, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus. Mas o fruto do Espírito é: Caridade, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. Contra estas coisas não há lei. E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências.”
---Todas estas obras são do homem (que é um deus). E se o diabo existe (como dizem) ele também é um deus. Portanto os dois (homem e diabo), fazem o bem ou o mau. Agora eu pergunto: Como é que um deus pode tentar outro deus?
- Em Mateus no Cp.4, V.1 o tradutor escreveu que Jesus foi conduzido pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo diabo, mas sabemos que Jesus é Deus. E Ele mesmo disse a Felipe: “Quem vê a mim vê o Pai. E como tu dizes: Mostra-nos o Pai?” (João Cp.14, Vs.9 e 10).
- Em Tiago no Cp.1, Vs.13 a 18 ele mesmo disse: V.13: “Ninguém, sendo tentado, diga: De Deus sou tentado; por que Deus não pode ser tentado pelo mal, e a ninguém tenta” --- Portanto Deus não pode ser tentado pelo mal. Mas Jesus é Deus. E como o tradutor escreveu que mesmo Ele sendo Deus foi tentado pelo mal?
= Continuando no V.14 Tiago disse: “Mas cada um é tentado, quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência” --- Qual era a concupiscência que Jesus tinha pra ser tentado? Ele é Deus. Nós que estamos no evangelho eterno (o qual ainda não é conhecido aqui no mundo pelo cristianismo romano e nem pelo luterano) sabemos que por Ele ser Deus jamais foi tentado.
>>> O Evangelho Eterno é passado de homem para homem; como Paulo falou aos Colossenses no Cp.1, V.26 quando disse: “O mistério que esteve oculto desde todos os séculos, e em todas as gerações, e que agora foi manifesto aos seus santos.” --- Os santos de Deus não estavam em Roma e nem com Martinho Lutero, para que o evangelho saísse de Roma nas mãos de Lutero.
- Paulo falou isto para os que tinham sido chamados por Deus. Por isso ele disse ainda em Colossenses Cp.1, V.23: “Se, na verdade, permanecerdes fundados e firmes na fé, e não vos moverdes da esperança do evangelho que tendes ouvido, o qual foi pregado a toda a criatura que há debaixo do céu, e do qual eu, Paulo, estou feito ministro.” --- Este mistério que esteve oculto desde todos os séculos e em todas as gerações só se manifestou por meio dos profetas de Deus e por Jesus Cristo ao povo de Israel, de onde Deus iria escolher uma semente (tirada dos gentios), que se completou com o apóstolo Paulo; como está escrito em Atos Cp.13, V.48 que diz: “E os gentios, ouvindo isto, alegraram-se e glorificavam a palavra do Senhor, e creram todos quantos estavam ordenados para a vida eterna.”

= Agora eu lhe faço uma pergunta: Qual era o ensinamento que corria nos ouvidos da humanidade, antes de Cristo?
--- Era o ensinamento da Babilônia. E este pregava o inferno de fogo, um diabo tentador, a ressurreição da sepultura, e o arrebatamento para o céu.

>>> Em 538 antes de Cristo Deus enviou Ciro da Pérsia para destruir Babilônia.  Em 753 os mesmos espíritos encarnados (vindos da Babilônia) fundaram Roma trazendo a mesma doutrina. Eles ensinavam na Babilônia a mesma doutrina que eles ensinam em Roma hoje. Continuam com a mesma doutrina que prega: diabo, inferno de fogo, ressureição da sepultura, e arrebatamento para o céu. E esta é a doutrina que Martinho Lutero também trouxe de Roma para os evangélicos e eles seguem até hoje. Nenhum deles sabe o que é céu, pois se soubessem, não ensinariam uma mentira desta.
- Se o diabo existisse da forma como as igrejas pregam, Deus amaria mais a ele do que a todos os pecadores. Principalmente porque (segundo eles) Deus mandou o diabo para a terra invisível. Pois: Se ele fosse de carne e osso como os pecadores; ele ainda estaria vivo? Os pecadores já teriam destruído esse diabo há muitos séculos atrás. Mas o diabo para os pecadores é como o ladrão que rouba a um cego, e que quando o cego vai dar parte ao delegado, ao invés de prender o ladrão, o delegado prende ao cego e o coloca na cadeia.
= Agora eu lhe pergunto: Neste caso, a quem o delegado teria amado mais? Ao cego ou ao ladrão? Com certeza ao ladrão.
- É o que os religiosos fazem com Deus: O diabo tenta os pecadores e quando eles caem no fracasso, vão todos para o inferno de fogo para sempre; e o diabo que “nunca levou um cascudo por penitência”, ainda fica rindo deles. Tudo me leva a crer que o deus que estes religiosos conhecem não é o nosso. Se for assim, eles têm que pedir para esse deus deles fazer um curso de direito, porque ele não sabe como fazer justiça. É por isso que o deus deles prende o pobre do cego (que no caso representa o povo) que foi roubado, e deixa o ladrão (que representa o diabo) solto.  ---- Mas o Deus do Evangelho Eterno sabe fazer justiça e faz! ( Salmo 89, V.14)
>>> Nós que conhecemos o evangelho eterno (pelo alto conhecimento que ele nos dá), sabemos que a expressão “diabo” representa uma ação maligna da natureza humana.
- Em João, Cp.6, V.70 Jesus disse para os apóstolos: “Eu não vos escolhi a vós os doze? E um de vós é um diabo. E isso dizia de Judas Iscariotes, filho de Simão; porque este o havia de entregar, sendo um dos doze.”        --- Quem ler a estória da traição que ele fez com Jesus por trinta moedas de pratas sabe do que Jesus estava falando.
--- Se fosse o diabo que tivesse tentado a Judas todos os dias; será que Jesus também iria trair a Judas, e não iria contar para Judas que ele estava sendo tentado, e nem expulsar o diabo dele? Você acha que Jesus ia fazer isso com um de seus discípulos?
- Veja o que diz em Mateus no Cp.16, Vs.21 a 23: “Desde então começou Jesus a mostrar aos seus discípulos que convinha ir a Jerusalém, e padecer muito dos anciões, e dos principais dos sacerdotes, e dos escribas, e ser morto, e ressuscitar ao terceiro dia. E Pedro, tomando-o de parte, começou a repreendê-lo, dizendo: Senhor, tem compaixão de ti; de modo nenhum te acontecerá isso. Ele, porém, voltando-se, disse a Pedro: Para trás de mim, Satanás, que me serves de escândalo; porque não compreendes as coisas que são de Deus mas só as que são dos homens.”
>>> Agora preste bem atenção: Aqui devem existir dois tipos de Satanás. Um que é besta e outro que é sabido. O besta era Pedro, porque só sabia as coisas dos homens, e nada do que era de Deus, este era besta pra valer. E o sabidão, é o que os líderes religiosos pregam para o povo insensato, dizendo que este Satanás sabidão, foi quem fez a guerra no céu e arrastou com a cauda a terça parte das estrelas do céu sem que Deus desconfiasse de nada. Este é o sabidão que anda nas igrejas dos pastores evangélicos, amedrontando e tentando as ovelhas insensatas a dar dízimos e ofertas para os pastores ficarem bem ricos.
Por isso eles dão testemunhos mentirosos nas igrejas, tentando provar a existência deste diabo com o que está escrito em Isaías no Cp.14, Vs.11 a 14; mas isto não tem nada a ver. Neste texto o profeta Isaías está zombando da queda de Babilônia e do rei dela dizendo: “Já foi derribada no inferno (que foi a guerra contra ela), a tua soberba, com o som dos teus alaúdes: os bichinhos debaixo de ti se estenderão, e os bichos te cobrirão. Como caíste do céu, ó estrela da manhã, filha da alva! (Babilônia) Como foste lançado por terra, tu que debilitavas as nações! (Ele está falando do rei de Babilônia). E tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu, acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono, e no monte da congregação me assentarei, da banda dos lados do norte. Subirei acima das mais altas nuvens, e serei semelhante ao Altíssimo.”

>>> Veja que a ideia de morar no céu já veio da antiga Babilônia. Pois o grande Faraó estava se exaltando perante Deus, por isso foi destruído como Babilônia, e muitos pastores evangélicos dizem que foi Lúcifer.
- Foi por isso que o profeta Isaías disse no Cp.56, Vs.10 a 12: “Todos o seus atalaias são cegos, nada sabem; todos são cães mudos não podem ladrar; andam adormecidos, estão deitados e amam o tosquenejar. E estes cães são gulosos, não se podem fartar; e eles são pastores que nada compreendem: todos eles se tornam para o seu caminho, cada um para a sua ganância, cada um por sua parte. E ainda dizem: Vinde, e trarei vinho, e beberemos bebida forte; e o dia de amanhã será como este, e ainda maior e mais famoso.”  = Agora como é que uns demônios como estes podem ter inspiração divina para transmitir as escrituras sagradas, e ensinar a humanidade?
- Até hoje continua a mesma miséria. A mentira já vem de muito longe desde que o Senhor Jesus e os seus santos que morreram pelo o amor à palavra de Deus saíram do mundo. O Espírito Santo da verdade se retirou do mundo, e o espírito do erro se apossou da escuridão do mundo até hoje. É por isso que estes pastores e estes sacerdotes romanos nunca entenderam a verdade. Por isso ficam jogando esta imagem supersticiosa do diabo (que foi criado pela imaginação humana) na mente dos fracos de entendimento. E quem confirma isso para os tolos é Isaías no Cp.14, Vs.11 a 14 falando sobre a queda de Babilônia e a morte de Faraó.
--- Vamos confirmar isto em Ezequiel no Cp.31, Vs.15 a 18 onde o profeta Ezequiel disse: “Assim diz o Senhor Jeová: No dia que ele desceu ao inferno, fiz eu que houvesse luto; fiz cobrir o abismo, por sua causa, e retive as suas correntes, e elas detiveram-se, e cobri o Líbano de preto por causa dele, e todas as árvores do campo por causa dele desfaleceram. Ao som da sua queda fiz tremer as nações, quando o fiz descer ao inferno com os que descem à cova; e todas as árvores do Éden, a flor e o melhor do Líbano, todas as que bebem águas, se consolavam na terra mais baixa. Também estes com ele descerão ao inferno, a juntar-se aos que foram traspassados a espada: sim, aos que foram seu braço, e que estavam assentados à sombra no meio das nações. A quem pois és semelhante em glória e em grandeza entre as árvores do Éden? Todavia descerás com as árvores do Éden à terra mais baixa; no meio dos incircuncisos jazerás com os que foram traspassados à espada: este é Faraó e toda a sua multidão, diz o Senhor Jeová.” --- Se você não sabia o que é diabo, saiba agora.

>>> Vamos desmentir agora outra mentira que os falsos pastores inventam para atemorizar o povo insensato:
Veja o que está escrito em Ezequiel no Cp.28, Vs.11 a 19, onde ele mesmo disse: “Veio mais a mim a palavra do Senhor, dizendo: Filho do homem, levanta uma lamentação sobre o rei de Tiro, e dize-lhe: Assim diz o Senhor Jeová: Tu és o aferidor da medida, cheio de sabedoria e perfeito em formosura. Estavas no Éden, jardim de Deus; toda a pedra preciosa era a tua cobertura: a sardônia, o topázio, o diamante, a turquesa, o ônix, o jaspe, a safira, o carbúnculo, a esmeralda e o ouro; a obra dos teus tambores e dos teus pífanos estava em ti; no dia em que foste criado foram preparados. Tu eras querubim ungido para proteger, e te estabeleci: no monte santo de Deus estavas, no meio das pedras afogueadas andavas. Perfeito eras nos teus caminhos, desde o dia em que foste criado, até que se achou iniquidade em ti. Na multiplicação do teu comércio se encheu o teu interior de violência, e pecaste; pelo que te lançarei profanado fora do monte de Deus, e te farei perecer, ó querubim protetor, entre pedras afogueadas. Elevou-se o teu coração por causa da tua formosura, corrompeste a tua sabedoria por causa do teu resplendor; por terra te lancei, diante dos reis te pus, para que olhem para ti. Pela multidão das tuas iniquidades, pela injustiça do teu comércio profanaste os teus santuários; eu, pois fiz sair do meio de ti um fogo, que te consumiu a ti, e te tornei em cinza sobre a terra, aos olhos de todos os que te vêem. Todos os que te conhecem entre os povos estão espantados de ti: em grande espanto te tornaste, e nunca mais serás para sempre.”
--- Agora vocês religiosos que tem temor do diabo e do inferno, descansem os seus corações, pois vocês estão vendo aqui que Deus o matou e o reduziu em cinza sobre a terra. Se os pastores andam fazendo medo a vocês com a estória do diabo, é porque com isso eles arrancam de vocês as ofertas e os dízimos para viver uma vida boa, farta, e cheia de riqueza a custa do medo do povo.
Por isso em Provérbios no Cp.26, V.3 Salomão disse: “O açoite é para o cavalo, o freio para o jumento, e a vara para as costas dos tolos.”
E no livro dos Salmos no Cp.32, V.9 diz: “Não sejais como o cavalo, nem como a mula, que não têm entendimento, cuja boca precisa de cabresto e freio, para que se não atirem a ti.” – E isto serve também para que você não caia na lábia dos pastores que estão fazendo medo a vocês com este diabo que já morreu a muitos séculos passados. Só um cavalo que não tem entendimento crê nisso.
>>> Os pastores continuam afirmando que esta estória do Cp.28, Vs.11 a 19 de Ezequiel refere-se ao diabo. E outros chegam a dizer que o rei de Tiro é o diabo. Se o rei de Tiro era o diabo; como ele era coberto de pedras preciosas? Até esmeraldas, e ouro era a obra dos tambores e dos pífanos dele.
O bicho era muito leigo! Eu creio que ele não andou por estes países da América do Sul coberto com estas pedras preciosas, porque ele ia voltar para o inferno peladinho. Os ladrões iam “lavar a burra”. Eu só queria ao menos o ouro do tambor dele, porque eu sei que é um material caríssimo; não era de couro de gato. Eu só queira saber quem ficou com a cobertura de pedras preciosas, os tambores e os pífanos depois que Deus o matou.

--- Ainda no Cp.28, V.19 de Ezequiel diz: “Todos os que te conhecem entre os povos estão espantados de ti: em grande espanto te tornaste, e nunca mais serás para sempre.” --- O rei de Tiro era muito conhecido porque ele andava tocando pífano e batendo no tambor. Todo mundo via o brilho de suas pedras preciosas e ouvia o barulho do tambor dele, só quem não via e nem ouvia era Lutero e seus evangélicos.
--- Foi por isso que Deus disse para eles em Isaías no Cp.42, Vs.18 a 20: “Surdos, ouvi; e vós, cegos, olhai, para que possais ver. Quem é cego, senão o meu servo, ou surdo como o meu mensageiro, a quem envio? E quem é cego como o galardoado, e cego como o servo do Senhor? Tu vês muitas coisas, mas não as guardas; ainda que tenha os ouvidos abertos, nada ouve.” --- Era por isso que o diabo andava tocando pífano e batendo no tambor mas eles nem viam e nem ouviam porque eles são surdos e cegos; e continuam assim.

>>>> Eu pensei em colocar um chocalho no diabo, mas eu ia perder o meu trabalho. Pois se (segundo as igrejas) o diabo já andava tocando pífano e batendo tambor, e mesmo assim os pastores não ouviam e nem viam porque são os mais cegos e surdos; Como eles iriam escutar o barulho do chocalho amarrado no diabo?
à Nós que fazemos parte do Evangelho Eterno sabemos que este diabo que foi criado pelas religiões, não existe e nuca existiu. Os religiosos pegaram a estória da queda de Babilônia (que está em Isaías no Cp.14, Vs.11 a 14) e a estória do rei de Tiro que está em (Ezequiel Cp.28, Vs.11 a 15) para dizer ao povo que o rei de Tiro é o diabo tentador.
A profecia de Isaías que está no Cp.14, Vs.9 a 23 foi para o rei Faraó e para a queda da Babilônia. A confirmação disto está em Ezequiel no Cp.31, Vs.1 a 18, aí você vai ver como Faraó morreu.
Como não havia prova para isto os religiosos inventaram a mentira do diabo, pensando eles que não iria haver ninguém para examinar as escrituras para descobrir a verdade; porque estava “presa” nas mãos deles. Mas em Lucas no Cp.12, V.2 diz que “nada há encoberto que não haja de ser descoberto; nem oculto, que não haja de ser sabido.”
- No livro dos Salmos no Cp.139, Vs.1 a 4 Davi disse: “Senhor, tu me sondaste e me conheces. Tu conheces o meu assentar e o meu levantar: de longe entendes o meu pensamentos. Cercas o meu andar, e o meu deitar; e conheces todos os meus caminhos. Sem que haja uma palavra na minha língua, eis que, ó Senhor, tudo conheces.” --- De longe Deus entendia todos os pensamentos de Davi. Agora; o diabo “estava” (segundo as igrejas) lá no céu com Ele, e Ele não sabia de nada a respeito do diabo? O diabo tentando os anjos, e Deus nem via e nem ouvia?

-- Em Romanos no Cp.4, V.17 diz que “Deus vivifica os mortos, e chama as coisas que não são como se já fossem.”
Já no livro dos Salmos Cp.33, V.13 diz: “O Senhor olha desde os céus e está vendo a todos os filhos dos homens. Da sua morada comtempla todos os moradores da terra. Ele é que forma o coração de todos eles que contempla todas as suas obras.” --- Veja a distancia que Deus está da terra, de todos os homens e das obras deles!
 Mas o povo de Lutero diz que o diabo estava lá no céu com ele, e ele não via nada do que o diabo estava articulando contra ele. E nenhum da multidão de anjos que estava ao lado de Deus conseguiu ver nem ouvir sobre as artimanhas do diabo. Esta é uma estória muito mal contada.
= Será que este diabo deu um copinho de entorpecente ao Senhor para ele se esquecer de tudo?
- Há, há, há. Ó raça perdida! Quando vocês vão abrir os olhos para conhecer verdadeiramente o Grande do Criador do Universo?
- No livro dos Salmos no Cp.97, V.5 diz que “os montes se derretem como cera na presença do Senhor, na presença do Senhor de toda a terra.”        

= Agora me responda: O diabo podia estar diante de Deus? Qual é a coisa impura que aguenta fogo?

- Em Daniel no Cp.7, V.10, Daniel viu que um rio de fogo manava e saia de diante dele. Qual era o diabo impuro que poderia suportar?
- No livro dos Salmos Cp.50, V.3 diz: “Virá o nosso Deus, e não se calará; adiante dele um fogo irá consumindo, e haverá grande tormenta ao redor dele.”
- No livro de Jó Cp.37, V.22 diz: “O esplendor do ouro vem do norte; pois em Deus há uma tremenda majestade.”
>>> Todos os que confirmam a existência de um diabo tentador, são criaturas provenientes do espírito Babilônico; porque esta mentira já veio da antiga Babilônia para os desentendidos. <<<

- Em Isaías no Cp.44, V.7 Deus falou pela boca do profeta Isaías dizendo: “E quem chamará como eu, e anunciará isto, e o porá em ordem perante mim, desde que ordenei um povo eterno? Esse que anuncie as coisas futuras, e as que ainda hão de vir.”
- O povo é eterno; logo se sabe e se vê na oração de Moisés no Salmo 90, V.10 onde ele disse: “A duração da nossa vida é de setenta anos, e se alguns, pela sua robustez chegam a oitenta anos, o melhor deles é canseira e enfado, pois passa rapidamente, e nós voamos.” --- E Deus também falou pela boca do profeta Isaías que “o povo é eterno”. (Isaías Cp.44, V.7)
- Em Gênesis no Cp.9, V.12 disse Deus a Noé: “Este é o sinal do concerto que ponho entre mim e vós, e entre toda a alma vivente, que está convosco, por gerações eternas.” E em Eclesiastes no Cp.4, V.16 Salomão disse que todo o povo não tem fim.

= E porque eu daria crédito a um evangelho falso que vem arrastando uma doutrina mentirosa que Roma herdou da Babilônia e que sustenta a existência deste diabo que nunca existiu?
Mas, como o povo é eterno e não tem fim (como Deus falou em Isaías Cp.44, V.7) todos morrem e tornam a viver. Porque a vida não só é de setenta ou oitenta anos, e sim de geração a geração.

Por isso no livro dos Salmos no Cp.90, V.3 em oração, Moisés disse para Deus: “Tu reduzes o homem à destruição; e dizes: Volvei, filhos dos homens.” --- Esta palavra “volvei” possui muitos significados!  
Volvei pode significar: Voltar, reviver, tornar, restituir, decorrer, volver, ou devolver; e se recupera o sentido é voltar. Foi por isso que Ele falou em Deuteronômio Cp.32, V.39 onde Ele disse: “Vede agora que eu, eu o sou, e mais nenhum Deus comigo; eu mato e eu faço viver, eu firo e eu saro; e ninguém há que escape da minha mão.”

= Agora eu pergunto aos que não creem no retorno da vida: Se a vida não tivesse retorno depois da morte existiria esta estória de diabo no mundo? Porque esta estória de um diabo que caiu do céu, vem desde a antiga Babilônia. Se as coisas não viessem de geração a geração esta mentira não estaria mais aqui no mundo. Ainda que eles tentassem escrever livros e mais livros para tentar provar a existência do diabo aqui no mundo, eles nunca poderiam provar quais são as obras dele. Porque não existem.
- Em Tiago Cp.3, Vs.14 a 18 diz: “Mas, se tendes amarga inveja, e sentimento faccioso em vosso coração, não vos glorieis, nem mintais contra a verdade. Essa não é a sabedoria que vem do alto, mas é terrena, animal e diabólica. Porque onde há inveja e espírito faccioso aí há perturbação e toda a obra perversa. Mas a sabedoria que do alto vem é, primeiramente, pura, depois pacifica, moderada, tratável, cheia de misericórdia e de bons frutos, sem parcialidade e sem hipocrisia. Ora o fruto da justiça semeia-se na paz, para os que exercitam a paz.”

-- Ainda em Tiago no Cp.4, Vs.1 a 4 ele mesmo disse: “Donde vêm as guerras e pelejas entre vós? Porventura não vêm disto, a saber, dos vossos deleites, que nos vossos membros guerreiam? Cobiçais, e nada tendes; sois invejosos, e cobiçosos, e não podeis alcançar; combateis e guerreais, e nada tendes porque não pedis. Pedis, e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites. Adúlteros e adúlteras, não sabeis vós que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus.”
= Agora eu lhe pergunto: Os inimigos de Deus são santos ou são diabos? Com certeza são diabos; que são pessoas malignas. Por isso em João Cp.6, V.70 Jesus disse para os apóstolos: “Eu não vos escolhi a vós os doze? E um de vós é um diabo.”

- Agora olhe para a situação do mundo e veja quantos diabos tem no mundo com a mesma natureza de Judas e ainda pior. Aí vocês verão a quantidade de diabo que tem no mundo. Porque pela consciência que o homem tem, ou ele é santo ou é diabo.
Agora; os diabos que existem no mundo para querer se defender da justiça de Deus, inventaram esta mistura. Fazem as coisas erradas e dizem que foram tentados pelo diabo.
= Mas eu pergunto: E aqueles que no ventre da mãe já é errado e maligno; como está escrito no livro dos Salmos Cp.58, Vs.3 e 4? Foi o diabo que o fez ser mal já no ventre da mãe dele?

- Em Jó no Cp.10, Vs.20 a 22 ele mesmo disse: “Porventura não são poucos os meus dias? Cessa pois, e deixa-me, para que por um pouco eu tome alento. Antes que me vá, para nunca mais voltar, à terra da escuridão e da sombra da morte. Terra escuríssima, como a mesma escuridão, terra da sombra da morte e sem ordem alguma, e onde a luz é como a escuridão.” = Se neste mundo tivesse luz esta fantasia do diabo existiria na mente da humanidade?
- Esta ignorância deste diabo só existe na mente do tolo. E isto se encontra mais na parte do ocidente que é o lugar do povo mais atrasado que crê no diabo, no inferno de fogo e no arrebatamento para o céu. E ainda dizem que lá no céu não existe sexo, que todos são iguais, que lá ninguém come, nem bebe, e nem se dá em casamento; este é o povo mais apagado em conhecimento da terra.
- Este povo ainda está longe do conhecimento da grande majestade de Deus. Eles não conhecem a justiça e nem o juízo de Deus, pois estão apagados no conhecimento de Deus. Enquanto eles viverem com esta superstição do inferno e de um diabo tentador, sempre estarão longe de conhecer este grande oceano da vida, e estarão longe de conhecer o Grande Criador do universo. É por isso que eles dizem que creem em Deus com medo do inferno e do diabo. Porém nem o diabo e nem o inferno existem da forma que eles acreditam; são superstições da antiga Babilônia.
- Todo povo que crê nessas afirmações vieram da Babilônia. E após tanto tempo eles ainda estão presos com o ensinamento dela. Segundo a história de Babilônia, ela dominou o mundo por quatro mil anos.
--- Veja o que ela dizia em Isaías Cp.47, Vs.7 e 8: “Eu serei senhora para sempre: até agora não tomaste estas coisas em teu coração, nem te lembraste do fim delas. Agora, pois ouve isto, tu que és dada a delícias, que habitas tão segura, que dizes no teu coração: Eu sou, e fora de mim não há outra; não ficarei viúva, nem conhecerei a perda de filhos.” --- Muitas nações serviam a ela.
- Em Jeremias no Cp.44, Vs.18 e 19 Eles diziam: “Mas desde que cessamos de queimar incenso à rainha dos céus, e de lhe oferecer libações, tivemos falta de tudo, e fomos consumidos pela espada e pela fome.” --- O povo idolatrava a rainha do céu que era Íris a deusa da Babilônia. Eles esperavam se salvarem por meio dela; eles acreditavam que todos iam morar no céu porque a rainha deles era do céu. Está bem claro de onde veio este diabo, este inferno de fogo, e esta crença de ir morar no céu.
>>> Após destruir a Babilônia em 538, Ciro da Pérsia fez uma grande carnificina; até as crianças eram estouradas nas pedras. Mas para Deus ninguém morre; segundo o que Jesus falou em Lucas no Cp.20, V.38.
Os espíritos deste povo que morreu nesta guerra encarnaram e fundaram Roma em 753 antes de Cristo; por isso a doutrina dela continua no mundo. Todo este povo que confessa que vai morar no céu, é o mesmo povo que viveu sob o domínio dela; por isso não se esqueceram da doutrina dela.

- E foi por isso que Salomão escreveu em Eclesiastes no Cp.4, V.16: “Não tem fim todo o povo.” E em Eclesiastes no Cp.1, Vs.9 a 11 ele disse: “O que foi, isso é o que há de ser, e o que se fez, isso se tornará a fazer; de modo que nada há novo debaixo do sol. Há alguma coisa que se possa dizer: Vê, isto é novo? Já foi nos séculos passados, que foram antes de nós. Já não há lembrança das coisas que precederam; e das coisas que hão de ser também delas não haverá lembrança, nos que hão de vir depois.” ---- Se não há lembrança, houve um esquecimento do passado, porque quando o espírito é fecundado no ventre materno ele perde a lembrança de tudo. Mas eles encontram a mesma doutrina que eles aprenderam em sua vida passada quando retornaram para o mundo. Por isso hoje eles se curvam à mesma doutrina da babilônia, porque ela foi destruída, mas as nações da terra ficaram com a doutrina dela até hoje. Eles continuam com a doutrina dela, que é inferno de fogo, um diabo tentador, a ressurreição da sepultura, e o arrebatamento para o céu. Ensinamentos Babilônicos do passado. Por isso eles não conhecem, não aceitam e nem creem na verdade, pois todos estão privados pela crença da antiga Babilônia.

>>> Só os que foram agraciados por Deus e que receberam o Santo Evangelho Eterno, tem conhecimento da vida e da morte. E estes tem conhecimento pronto dos mistérios de Deus. Todos os grandes homens de Deus, como Abraão, Moisés, Davi, Salomão, e todos os outros profetas tinham conhecimento da evolução do universo, e da transformação dos mundos materiais. Quando eles passam da civilização material para uma civilização espiritual, passam por uma grande devastação, para retirar o mal do meio do bem, o bem permanece no mesmo lugar, e o mal é lançado para fora. Foi o que aconteceu com os habitantes da terra. Todos nós somos eternos, e parte integrante de Deus, pois Deus é o grande oceano da vida, e nós somos uma gota de água deste grande oceano.
- Veja o que Deus falou para Jó no Cp.38, Vs.1 a 4 que diz: “Depois disto o Senhor respondeu a Jó dum redemoinho, e disse: Quem é este que escurece o conselho com palavras sem conhecimento? Agora cinge os teus lombos, como homem; e perguntar-te-ei, e tu responde-me. Onde estavas tu, quando eu fundava a terra? Faze-mo saber, se tens inteligência.”
-- Deus fez muitas perguntas a Jó. Veja as perguntas que Ele fez a Jó nos Vs.19 ao 21: “Onde está o caminho da morada da luz? E, quanto às trevas, onde está o seu lugar, para que as tragas aos seus limites, e para que saibas as veredas da sua casa? Decerto tu o sabes, porque já então eras nascido, e porque é grande o número dos teus dias!” --- Se guando Ele fundava a terra Jó já era nascido, nós, também já éramos. Jó não foi lançado aqui na terra só, todos os habitantes da terra foram lançados aqui também junto com Jó. Se Jó existia antes da fundação do mundo, nós também existíamos porque o povo é eterno. Porém não sabemos onde Deus gerou o nosso espírito dentro da eternidade.
- O apóstolo Paulo tinha um alto conhecimento da justiça e do Juízo de Deus, por isso ele disse: “Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus” --- Romanos Cp.3, V. 23.

- A pessoa que traduziu o texto que está escrito em Apocalipse Cp.12, Vs.7 a 17 não possuía a unção de Deus para transmiti-lo com a ciência e a inteligência dadas por Deus. Ele fantasiou muito esta estória, pois o tradutor era procedente do espírito babilônico que possuía apenas o conhecimento material; pois conhecimento espiritual estava muito longe dele.
“Mas não há coisa oculta que não haja de manifesta-se, nem escondida que não haja de saber-se, e vir à luz” (Lucas Cp.8, V.17).

- Preste bem atenção! No Cp.12, V.7 de Apocalipse o apóstolo João disse: “E houve batalha no céu...” Agora eu lhe pergunto: Como o apóstolo João soube disso? Quem transmitiu este fato para a terra se não havia comunicação nenhuma? Como João evangelista sabia? Porque de lá de onde aconteceu esta guerra até aqui, pode haver mais de 10 mil anos luz de distância.
Mas assim como João sabia Paulo também sabia de tudo isso assim como outros profetas. Pois ele mesmo disse em I Coríntios no Cp.15, V.46 que: “Primeiro é o animal e depois o espiritual”.
- Veja o que Jó disse em seu livro no Cp.38, V.14: “Tudo se transforma como o barro, sob o selo e se põe como vestidos.”
- No livro dos Salmos no Cp.102, Vs.25 a 28 Davi disse: “Desde a antiguidade fundaste a terra: e os céus são obra das tuas mãos. Eles perecerão, mas tu permanecerás: todos eles, como um vestido, envelhecerão; como roupa os mudarás, e ficarão mudados. Mas tu és o mesmo, e os teus anos nunca terão fim.” --- Preste bem a atenção no V.28 que diz: “Os filhos dos teus servos continuarão, e a sua descendência ficará firmada perante ti”.
- Quando diz no V.26: “Eles perecerão.” --- A palavra perecer significa morrer. Então eu lhe pergunto: Como é que um planeta morre? Veja bem: Quem morre não é o planeta em si, e sim o sistema (ou governo) material deste planeta. O sistema material deste planeta passará para o espiritual. Foi por isso que Davi disse que tudo perece, mas Deus permanece.
Quando Ele disse em Salmos: “Todos eles, como um vestido, envelhecerão; como roupa os mudarás, e ficarão mudados” --- Ele estava se referindo à mudança feita através da separação, tirando o povo mal do meio dos bons, lançando-os fora através de uma grande devastação.

Foi por isso que o apóstolo João disse no Cp.12, V.7 de Apocalipse: “E houve batalha no céu: Miguel e os seus anjos batalhavam contra o dragão; e batalhava o dragão e os seus anjos.” = Agora eu pergunto: Você acha que os anjos (que são seres Iluminados com a glória de Deus), iam se juntar a um animal para batalhar contra Deus (que habita na luz inacessível, a quem nenhum dos homens viu e nem pode ver)? -- I Timóteo Cp.6, V.16
- No livro de Jó Cp.37, V.22 Ele disse: “O esplendor de ouro vem do norte; pois em Deus há uma tremenda majestade.”
- Em Hebreus Cp.12, V.29 Paulo disse: “Porque o nosso Deus é um fogo consumidor.”
E no livro dos Salmos Cp.50, V.3 diz: “Virá o nosso Deus, e não se calará; adiante dele um fogo irá consumindo, e haverá grande tormenta ao redor dele”. --- É um calor insuportável! Como era que um dragão poderia batalhar contra este Deus Tremendo? Sabe-se pela mitologia que a defesa do dragão são os dentes e a calda. Então; como era que este “dragão” poderia usar uma espada para batalhar?

>>> Vejamos agora como o tradutor escreveu esta estória de Apocalipse Cp.12, Vs.7 a 17 de forma tão confusa e fantasiosa; quando ele disse: “E houve batalha no céu; Miguel e os seus anjos batalhavam contra o Dragão; e batalhavam o dragão e os seus anjos, mas não prevaleceram; nem mais o seu lugar se achou nos céus (“céus” no plural porque?) E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, chamada o Diabo, e Satanás, que engana todo o mundo; ele foi precipitado na terra, e os seus anjos foram lançados com ele ( leia Tiago Cp.1, Vs.13 a 18 ). E ouvi uma grande voz no céu, que dizia: Agora chegada está a salvação e a força, e o reino do nosso Deus, e o poder do seu Cristo; porque já o acusador de nossos irmãos é derribado, o qual diante do nosso Deus os acusava de dia e noite. E eles o venceram pelo sangue do Cordeiro e pela palavra do seu testemunho; e não amaram as suas vidas até à morte”. --- Aqui ele está dizendo que não foi só o cordeiro que morreu nesta batalha.
--- No V.12 diz: “Pelo que alegrai-vos, ó céus, e vós que neles habitais.” --- Aqui está provado que os céus se alegraram com a morte do Cordeiro com esta batalha no céu e diziam mais:  “Ai dos que habitam na terra e no mar; porque o diabo desceu a vós e tem grande ira, sabendo que já tem pouco tempo”.   ---- Pelo que o tradutor escreveu nesta estória só faz pouco mais de 2000 anos que houve esta batalha no céu. Porque no V.13 diz: “E, quando o Dragão viu que fora lançado na terra, perseguiu a mulher que dera à luz o varão.” --- Eu só quero saber: Por que ele sendo lançado a toda velocidade sobre a terra, só viu que vinha descendo rapidamente, quando se chocou com o solo? Daí levantou-se e mesmo assim perseguiu a Maria que dera à luz ao menino Jesus.
--- Nós estamos vendo aqui que quando terminou a batalha e o diabo foi expulso lá do céu para a terra, quando chegou aqui o menino Jesus já tinha nascido. Mas na concepção do tradutor isso tudo aconteceu tão rápido, que só faz 2016 anos.
= Agora eu pergunto: Quando o anjo Gabriel veio anunciar o nascimento de Jesus a Maria, Jesus já tinha morrido ou ainda estava batalhando com o Dragão? Siba que esta batalha foi travada com os seres humanos, porque se fosse uma guerra de espíritos nunca haveria um vencedor, e a guerra não iria acabar jamais porque eu nunca vi espírito morrer.

- Em Apocalipse Cp.12, Vs.13 a 17 o tradutor já entra na estória de Herodes, quando ele diz: “E, quando o dragão viu que fora lançado na terra, perseguiu a mulher que dera à luz o varão (Jesus), e foram dadas à mulher duas asas de Grande águia, para que voasse para o deserto, ao seu lugar, onde é sustentada por um tempo, e tempos, e metade de um tempo, fora da vista da serpente. E a serpente lançou da sua boca, atrás da mulher, água como um rio, para que pela correte a fizesse arrebatar. E a terra ajudou a mulher; e a terra abriu a sua boca e tragou o rio que o dragão lançara da sua boca. E o dragão irou-se contra a mulher, e foi fazer guerra ao resto da sua semente, os que guardam os mandamentos de Deus, e têm o testemunho de Jesus Cristo.
- A guerra citada no Cp.12, Vs.1 a 12 aconteceu em um planeta que terminou seus dias do sistema material, e passou (através daquela guerra) para o sistema espiritual. Este foi o tempo em que nós (os habitantes do planeta terra) nos perdemos. Fomos inimigos do evangelho eterno; por isso fomos mortos e nossos espíritos foram lançados para tomar forma de vida aqui na terra através da evolução.
- No livro dos Salmos Cp.102, V.28 você vê Davi dizendo: “Os filhos dos teus servos continuarão, e a sua descendência ficará firmada perante ti.” ---- E o resto desceu para a terra; na sombra da morte.
>>>> É como já foi falado: Os Vs.13 a 17 do Cp.12 de Apocalipse fala-se de Herodes, não como um ser humano, mas como um dragão maligno. <<<<
= Agora veja bem: Herodes morreu com setenta anos de idade, no ano 4, antes de nossa era, trinta e seis anos depois de Roma o haver nomeado rei. Imediatamente depois de sua morte teria ocorrido um eclipse da Lua, cuja data precisa, 13 de Março, foi calculada pelos astrônomos modernos. Flavio Josefo julgou Herodes com grande severidade quando escreveu sobre ele alguns decênios mais tarde dizendo: “Não era um rei, e sim o tirano mais cruel que já conseguiu reinar. Assassinou uma multidão de homens e a sorte dos que deixou com vida era tão triste que os que morreram se poderiam consideram felizes. Martirizou seus súditos e malbaratou toda a fazenda pública. Para embelezar cidades estrangeiras, saqueava as próprias e presenteava povos estrangeiros com o sangue dos judeus. Em consequência disso, em vez do antigo bem-estar e dos bons costumes tradicionais, veio o empobrecimento completo e a completa desmoralização do povo. Em suma, nos poucos anos do reinado de Herodes os judeus sofreram mais tribulações do que seus antepassados no longo período de tempo que mediou entre a saída de Babilônia e o regresso sob Xerxes. Em trinta e seis anos quase não se passou um dia sem uma execução. Herodes não poupava ninguém, nem a sua própria família, nem os amigos mais íntimos, nem os sacerdotes, nem o povo. Em sua lista de assassinatos contam-se dois maridos de sua irmã Salomé, a esposa Mariane e seus filhos Alexandre e Aristobulo. Mandou afogar o cunhado no Jordão e eliminar a sogra Alexandra. Dois sábios que arrancaram a águia dourada romana da porta do templo, foram queimados vivos; Hircano, o último da raça dos Hasmoneus, foi morto. Extirpou radicalmente famílias nobres, afastou muitos fariseus do seu caminho. Cinco dias antes de morrer, já velho mandou matar seu filho Antipatro, e isto é apenas uma fração das atrocidades daquele que como soberano foi um animal feroz. Dado o caráter horrendo desse homem, é perfeitamente razoável atribuir-lhe a degolação dos inocentes em Belém, de que a Bíblia o acusa em Mateus no Cp.2, V.16.
Depois do assassinato de Antípatro, Herodes nomeou sucessores, por testamento, no leito de morte, três de seus filhos mais jovens: Arquelau, herdeiro da realeza, Herodes Ântipas, e Filipe, tetrarcas, soberanos de Galiléia e Peréia, de uma parte da Jordânia oriental e da região situada ao nordeste do Lago de Genesaré. Arquelau foi reconhecido por sua família e aclamado pelos soldados de Herodes -- germanos, gauleses e trácios. Mas através do país, quando se espalhou a notícia da morte do déspota, houve rebeliões de uma violência tal como o povo judeu raramente havia experimentado. Ao seu ódio surdo à raça dos herodianos misturava-se a revolta contra os romanos.
Em vez de lamentações pela morte de Herodes, houve lamentações por suas vítimas inocentes. O povo reclamava uma expiação pela morte dos dois sábios Jehuda ben Sarifa e Matatias ben Margolot, que tinham sido queimados vivos. Arquelau respondeu enviando suas tropas a Jerusalém. Num só dia foram chacinadas 3.000 pessoas (e estes foram os três mil soldados de Herodes, que fizeram a chacina dos inocentes em Belém, e em todo o território de Israel).” --- Como vimos em Apocalipse no Cp.12, Vs.15 a 17 que diz: “E a serpente lançou da sua boca, atrás da mulher, água como um rio, para que pela corrente a fizesse arrebatar. E a terra ajudou a mulher: e a terra abriu a sua boca, e tragou o rio que o dragão lançara da sua boca.”
- Como já foi explicado, o dragão que lançou o rio atrás da mulher representa Herodes, e o rio representa os três mil soldados que fazia toda a injustiça que Herodes ordenasse que fizessem. Por isso Arquelau (filho de Herodes) odiava estes soldados que eram da confiança de seu pai; além dos dois irmãos que tinha perdido. Portanto a terra que abriu a boca e engoliu o rio representa Arquelau. E o dragão que abriu a boca representa Herodes quando enviou os três mil soldados para matar os meninos. Depois da morte de Herodes, Arquelau fez esta vingança contra os soldados de Herodes matando a todos.
--- Veja a confirmação em Mateus no Cp.2, Vs.19 a 23 que diz: “Morto porém Herodes, eis que o anjo do Senhor apareceu num sonho a José no Egito, dizendo: Levanta-te, e toma o menino e sua mãe, e vai para a terra de Israel: porque já estão mortos os que procuravam a morte do menino.”      --- Observe que além de Herodes morreram os seus três mil soldados; que foram representados pelo rio, quando o dragão (Herodes) abriu a sua boca e os lançou atrás da mulher.
à Esta ideia de que o diabo era um anjo que se rebelou no céu contra Deus junto a outros milhares de anjos não existe. O tradutor que escreveu isso, não conhece nem a sua mão direita e muito menos a esquerda.
Veja o que diz em Provérbios Cp.4, V.18: “Mas a vereda dos justos é como a luz da aurora que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito.” --- Se fosse ao pé da letra como o tradutor escreveu, nem Deus e nem os anjos teriam chegado à perfeição; porque quando um ser chega à perfeição nele não tem treva nenhuma.
- Em I João Cp.1, V.5 o apóstolo João disse: “E esta é a mensagem que dele ouvimos e vos anunciamos: que Deus é luz, e não há nele trevas nenhumas”. --- Sendo assim: Como é que este diabo vivia lá tramando contra Deus com a terça parte dos anjos maus e ninguém dava conta? Neste caso seria um céu de trevas e não de luz.

Mas aquele “céu” era um planeta de escuridão como a terra. Foi lá que os seres humanos se perderam por causa da desobediência e foram lançados na terra. E assim será também como os que estão aqui na terra. Todos os ímpios irão desocupar este planeta também ( Veja isto em Jó Cp.38, Vs.12 a 14, em Salmos Cp.37, V.22 e em Salmos Cp.104, V.35).

>>> Os habitantes do mundo estão muito longe de conhecer o grande Criador do universo!
Por isso no livro dos Salmos Cp.104, V.2 diz: “Ele cobre-se de luz como de um vestido, estende os céus como uma cortina.”
Em I Timóteo Cp.6, Vs.15 e 16 diz: “A qual a seu tempo mostrará o bem-aventurado, e único poderoso Senhor, Rei dos reis e Senhor dos senhores; aquele que tem, ele só, a imortalidade, e habita na luz inacessível; a quem nenhum dos homens viu nem pode ver: ao qual seja honra e poder sempiterno. Amém.” ---- Agora me responda: Perto de um ser poderoso desse poderia existir trevas? De forma alguma.
- Amigo: “Se o cego não pode ver o sol, não é por isso que o sol deixa de existir. O sol existe, o cego é que não pode ver.”


>>> Este diabo em forma de um ser mitológico não existe. Esta é uma superstição dos que estão enganados neste mundo; onde a luz para eles é como a escuridão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário