SE O DIABO EXISTISSE COMO AS RELIGIÕES DIZEM NÃO HAVERIA JUSTIÇA EM DEUS.


--- Através de falsas crenças como a que afirma a existência do diabo como um ser, podemos ver a escuridão destas religiões pagãs que ensinam ao mundo a acreditar em tudo o que foi criado por elas.
Dogmas, heresias e falsas promessas como o arrebatamento para o céu, purgatório, ressurreição da sepultura (que nunca acontecerá) e inferno de fogo, são crenças que foram criadas por elas para atemorizar e escravizar a muitos dentro de seus ensinamentos.

>> Por isso é necessário que o mundo conheça as Escrituras Sagradas e o poder de Deus verdadeiramente como é. As religiões hoje vivem mergulhadas numa tremenda escuridão por causa de seus falsos ensinamentos.

Observe que as ciências materiais cresceram muito, chegando a um estágio avançado de conhecimento e desenvolvimento. Porém já não podemos dizer o mesmo em relação às ciências espirituais, que ficaram para trás em um verdadeiro atraso. Isto se deve ao comportamento destas religiões pagãs, com seus objetivos e interesses que só servem para o crescimento e enriquecimento de seus líderes. Quando na verdade, o principal objetivo da igreja seria fazer o povo de Deus crescer na graça e no conhecimento para serem perfeitamente instruídos para toda a boa obra. E levar ao mundo o conhecimento sobre a justiça e a soberania de Deus.

- No livro dos Salmos Cp.92, V.15 diz: “Para anunciarem que o Senhor é reto; ele é a minha rocha, e nele não há injustiça”.

- Já em Romanos Cp.6, V.23 diz que: “O salário do pecado é a morte.”

= Sendo assim eu lhe pergunto:

= Se o salário do pecado é a morte; e o diabo (o qual as religiões dizem que existe) é o maior pecador de todos; Porque então o diabo ainda não morreu e vive dia e noite atormentando e tentando os crentes? Ele não foi o primeiro que pecou e levou o homem a pecar? Então ele deveria ter sido morto logo no início para que o mal cessasse; e assim na terra não iria mais haver pecador porque o diabo (o qual as religiões dizem que leva o homem a pecar) já teria morrido.

= Mas agora eu lhe pergunto: Se o diabo é quem leva o homem a pecar (como as religiões afirmam); Então, porque só quem morre é o pecador, e o diabo continua vivo tentando o homem e procurando levá-lo para a morte através do pecado? Isto está certo?

= Será que Deus tem duas medidas? É claro que não!

- Observe bem o que está escrito em I João Cp.3, V.8 onde diz que “O diabo peca desde o principio.” -- Se ele peca desde o principio (e se trata de um ser como dizem); porque ele ainda não morreu?

= Se o diabo existisse como o mundo religioso diz; Deus o teria feito invisível. Porque se ele fosse de carne e ossos, os pecadores já o teriam destruído.

= Ora! Se fosse desta forma; A quem Deus amaria mais? Ao diabo ou ao pecador?

- Se fosse como o mundo religioso diz; Deus amaria mais ao diabo do que ao homem.

- Porque segundo o que se prega por aí, só quem fica com o salário do pecado é o pecador. Já o diabo vive pecando e não tem este salário de maldição. Porque (segundo as religiões) ele nunca morre.

- Assim; Se fosse como as religiões dizem; haveria injustiça da parte de Deus ou não?

- Como se não bastasse na mente dos evangélicos ainda cabe um absurdo muito pior: Porque os líderes religiosos ainda chegam a desfazer do poder, da soberania, e da onisciência de Deus quando dizem que o diabo era um anjo de luz perfeito que vivia no céu com Deus e que por causa de sua posição, beleza e autoridade sobre outros anjos, ele exaltou-se querendo que os outros anjos adorassem a ele e não a Deus, criando assim uma rebelião no céu para tomar o trono de Deus. Esta é uma estória absurda!

>>> Acredito que eles esqueceram que Deus sabe de todas as coisas antes que aconteçam. <<<<

= Caro leitor: Você sabe realmente o que é um diabo; ou quem é o diabo? - Vejamos: Segundo alguns tradutores da Bíblia o diabo que eles quiseram retratar se trata de um ser. Mas nós que conhecemos o evangelho eterno sabemos que diabo é a ação do mal sobre a natureza humana; portanto, não se trata de um ser. Porque se o espírito de uma criatura é inclinado para o lado do bem e suas obras forem boas; seu espírito pode ser considerado um espírito bom, ou um espírito bendito. Porém se o espírito de uma criatura é inclinado para o mal e suas obras forem malignas; este espírito é considerado um espírito maligno ou “um diabo”.
>>> Logo: O homem é o único responsável por todos os seus atos, sejam eles bons ou maus. <<<< - Veja o que Jesus disse em João Cp.8, V.44: “Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai; ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele; quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira.” --- Quando Jesus disse isto ele estava se referindo aos atos de Caim que no princípio mentiu para Deus e foi o homicida de seu próprio irmão. Caim foi considerado “um diabo” porque suas obras foram malignas. (Gênesis Cp.4, Vs.8 a 11).

>>>> Vamos conhecer agora os mundos elevados de plena felicidade, onde mal algum pode entrar: <<<<

 - Em Neemias Cp.9, V.6 diz: “Tu só és Senhor, tu fizeste o céu, o céu dos céus e todo o seu exército, a terra e tudo quanto nela há, os mares e tudo quanto neles há; e tu os guardas em vida a todos, e o exército dos céus te adora”. - Veja que existem milhões de céus (mundos) na plena e eterna felicidade. Todos os habitantes destes lugares estão na mesma consciência de Deus. Estes mundos recebem influência da energia superior de Deus. Portanto seria impossível algum anjo se rebelar e levar o mal para este lugar. Isto é impossível! -- Veja o que João disse em Apocalipse Cp.4, Vs.1 a 11: -- Nos Vs.1 a 4 diz: “Depois destas coisas, olhei, e eis que estava uma porta aberta no céu; e a primeira voz, que como de trombeta ouvira falar comigo, disse: Sobe aqui, e mostrar-te-ei as coisas que depois destas devem acontecer. E logo fui arrebatado em espírito, e eis que um trono estava posto no céu, e um assentado sobre o trono. E o que estava assentado era, na aparência, semelhante à pedra de jaspe e sardônica; e o arco celeste estava ao redor do trono e era semelhante à esmeralda. E ao redor do trono havia vinte e quatro tronos; e vi assentado sobre os tronos vinte e quatro anciãos vestidos de vestidos brancos; e tinha sobre cabeça coroas de ouro”. -- Nos Vs.5 a 8 diz: “E do trono saíam relâmpagos, e trovões, e vozes; e diante do trono ardiam sete lâmpadas de fogo, as quais são os sete Espíritos de Deus. E havia diante do trono um como mar de vidro, semelhante ao cristal, e, no meio do trono e ao redor do trono, quatro animais cheios de olhos por diante e por detrás. E o primeiro animal era semelhante a um leão; e o segundo animal, semelhante a um bezerro; e tinha o terceiro animal o rosto como de homem; e o quarto animal era semelhante a uma águia voando. E os quatro animais tinham, cada um, respectivamente, seis asas, e ao redor, e por dentro, estavam cheios de olhos; e não descansam nem de dia nem de noite, dizendo: Santo, Santo, Santo é o Senhor Deus, o Todo-poderoso, que era, e que é, e que há de vir.” -- Ainda nos Vs.9 a 11 diz : “E, quando os animais davam glória, e honra, e ações de graças ao que estava assentado sobre o trono, ao que vive para todo o sempre; Os vinte e quatro anciãos prostravam-se diante do que estava assentado sobre o trono, adoravam o que vive para todo o sempre e lançavam as suas coroas diante do trono, dizendo: Digno és, Senhor, de receber glória, e honra, e poder, porque tu criaste todas as coisas, e por tua vontade são e foram criadas”.

 >> Observe bem o poder radiante desta criatura, que estava assentado no trono! <<<

 = Quem tinha esta aparência de uma pedra de jaspe e de sardônica; E um arco celeste ao redor de seu trono? = Quem eram aqueles vinte e quatro anciãos? Você sabe? - Aquele que estava sentado no trono era o Senhor Jeová. E os vinte e quatro anciãos citados no texto, são os reis mais aproximados de Deus. Todos tinham coroas de ouro e estavam prostrados, diante de Deus. - Veja que poder radiante, estes reis estavam recebendo do Todo Poderoso! Eles reinam em mundos muito elevados, estes mundos são os vinte e quatro mundos de maior glória. - Estes reis, são reis sobre os reis, dos mundos mais superiores do universo; planetas de altas civilizações espirituais. Porque estão na mesma consciência do Criador de todo o universo. Todos chamam a Deus de Pai como Jesus chamava. Todos eles são deuses como Jesus também é um Deus. Em todos estes planetas existem ministérios governamentais altamente elevados.

>>> Saiba que a palavra “deus” não é nome próprio; e sim, titulo de poder. <<<

- Jesus Cristo é um desses deuses poderosos como aqueles reis que estavam prostrados perante o trono do Deus Jeová. Tanto Jesus, como os seus companheiros são deuses de outras galáxias ou vias - lácteas com milhares de mundos. - Veja o que está escrito em Efésios Cp.1, Vs.9 e 10, onde o apóstolo Paulo disse: “Descobrindo-nos o mistério da sua vontade, segundo o seu beneplácito, que propusera em si mesmo, de tornar a congregar em Cristo todas as coisas, na dispensação da plenitude dos tempos, tanto as que estão nos céus como as que estão na terra”. - Em Filipenses Cp.2, Vs.10 e11 diz: “Para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, e toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para a glória de Deus Pai”. - Jesus faz parte do grupo destes vinte e quatro reis, que estavam diante do trono de Deus (o Todo Poderoso). Eles são os primeiros príncipes que são os verdadeiros filhos de Deus. - Em Daniel Cp.10, V.13 ele mesmo disse “Mas o príncipe do reino da Pérsia se pôs defronte de mim vinte e um dias, e eis que Miguel, um dos primeiros príncipes, veio para ajudar-me, e eu fiquei ali com os reis da Pérsia”. >>> Miguel é Cristo. Podemos ver isto em Daniel Cp.12, V.1 onde Daniel disse: “E, naquele tempo, se levantará Miguel, o grande príncipe, que se levanta pelos filhos do teu povo.”

- Quem se levantou pelos filhos de Israel foi Jesus Cristo que é um dos primeiros príncipes.

- Em Jó Cp.38, V.7 ele diz: “Quando as estrelas da alva Juntas alegremente cantavam, e todos os filhos de Deus rejubilavam”.

- Estas estrelas da alva citadas por Jó; são estes seres que estavam diante o trono de Deus. São os reis universais de outras galáxias ou vias-lácteas. Jesus é Rei soberano sobre muitos reis!

- Em Apocalipse Cp.5, Vs.9 e 10 diz: “E cantavam um novo cântico, dizendo: Digno és de tomar o livro, e de abrir os seus selos; porque foste morto, e com o teu sangue compraste para Deus homens de toda tribo, e língua, e povo, e nação; e para o nosso Deus os fizeste reis e sacerdotes; e eles reinarão sobre a terra”.

- E em Apocalipse Cp.21, V.24 diz: “E as nações andarão à sua luz; e os reis da terra trarão para ela a sua glória e honra”.

- Veja que estes reis vão se prostrar perante Ele como está escrito no livro dos Salmos Cp.72, V.11 que diz: “E todas as nações o servirão.”

>>> Jesus é Rei dos reis. Veja o poder radiante que Jesus tem! << Em Mateus Cp.3, Vs.11 e 12 quando João Batista batizava, ele dizia: “E eu, em verdade, vos batizo com água; para o arrependimento; mas aquele que vem após mim é mais poderoso do que eu; não sou digno de levar as suas sandálias; ele vos batizará com Espírito Santo e com fogo”. - João disse que aquele que viria após ele poderia batizar com o Espírito Santo. Dele saia virtudes, e estas virtudes Ele recebia do trono de Deus Pai. Tanto Ele, como os seus companheiros as recebiam. Porque eram as criaturas mais elevadas perante Deus. Em Jó Cp.37, V.22 diz que: “Em Deus há uma tremenda Majestade.” Habacuque Cp.3, Vs.4 e 5 diz: “E o seu resplendor era como a luz, raios brilhantes saiam da sua mão, e ali estava o esconderijo da sua força. Adiante dele ia a peste, e raios de fogo, sob os seus pés”. Em Daniel Cp.7, Vs.9 e 10 diz que “o trono dele é fogo ardente, e um rio de fogo manava e saia de diante dele.” - É impossível diante desta, infinita Majestade, surgir algum mal. Em Gênesis Cp.4, V.6 diz: “E o Senhor disse a Caim: Por que te iraste? E por que descaiu o teu semblante”? - Deus sabia o que havia no coração de Caim, antes mesmo dele praticar o mal. Em Hebreus Cp.4, Vs.12 e 13 diz: “Porque a palavra de Deus é viva, e eficaz, e mais penetrante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até à divisão da alma, e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração. E não há criatura alguma encoberta diante dele; antes, todas as coisas estão nuas e patentes aos olhos daquele com quem temos de tratar”. - Sendo assim; como um anjo poderia se rebelar no céu diante de uma majestade desta? No livro dos Salmos Cp.139, V.2 Davi disse que “Deus, de longe entedia os seus pensamentos.” – Como poderia existir um anjo mal, na presença de Deus? - Deus podia e pode ver os pensamentos de todos os anjos. Se tivesse existido esta rebelião no céu; teria sido com o consentimento de Deus; Ou não?

 >>> Portanto: isso nunca existiu no céu, em que Deus vive. <<<<

 - Agora preste muita atenção: Houve realmente uma guerra. Mas esta guerra aconteceu conosco (todos os seres humanos existente aqui na terra) em outra dimensão, antes de virmos parar aqui na terra. Esta guerra aconteceu durante a desocupação do planeta em que vivíamos para que acontecesse a mudança de sistema daquele planeta. Fomos desobedientes a Deus por isso fomos jogados em um planeta inferior (a terra). - No livro de Isaías Cp.45, V.7 Deus disse: “Eu formo a luz e crio as trevas; eu faço a paz e crio o mal; eu, o Senhor, faço todas essas coisas”. --- Observe que o bem e o mal foram criados por Deus. = Agora me responda: - Pode haver arrependimento sem pecado? Pode haver perdão sem arrependimento? – É claro que não! - Em Romanos Cp.11, Vs.31 e 32 diz: “Assim também estes, agora, foram desobedientes, para também alcançarem misericórdia pela misericórdia a vós demonstrada. Porque Deus encerrou a todos debaixo da desobediência, para com todos usar de misericórdia”.

 >>> Saiba que; O bem e o mal são as duas energias de Deus. A energia negativa tem mais influência para o lado da carne, e para a vaidade; já a energia positiva de Deus, é totalmente inclinada para o lado do Espírito para viver pela fé, crendo nas coisas que não se vêem.

- Assim o bem e o mal são eternos; para que por meio da eternidade o homem possa vir a ter uma consciência perfeita.

Através destas reencarnações durante a eternidade; Ele vê o efeito do amargo e do doce. Pagando seus débitos até que se libere tendo que provar o amargo e o doce. Quando provar o doce ele deixa o amargo.

- Porque em dois caminhos ou em duas consciências não se pode andar sempre.

- O bem e o mal ocupam os mundos materiais. O mal é como um dragão que a tudo devora, porque ele tem uma maior influência para o lado da carne.

- Foi por isso que Paulo disse em Romanos Cp.8, V. 5: “Porque os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas os que são segundo o Espírito, para as coisas do Espírito”.

- Aqui você pode ver duas influências: Uma negativa e outra positiva.

Estas duas naturezas não se unem porque a inclinação da carne é para a morte, mas, a inclinação do Espírito é para a vida e a paz.

Porque a inclinação da carne é inimizade contra Deus.

- Se alguém for contra Deus, é inimigo de Deus e um inimigo de Deus é diabo.

= Agora imagine quantos diabos têm no mundo contra Deus?

- Porque os que estão na carne não podem agradar a Deus. Então um mundo com estas duas naturezas não pode permanecer para sempre. Aí então vem a separação do bem e do mal.

>>> Vejamos agora como acontece uma mudança de sistema: Porque um planeta evolui; e o mal sai? <<< Vejamos o que está escrito no livro dos Salmos Cp.102, Vs.25 a 28 que diz: “Desde a antiguidade fundaste a terra; e os céus são obra das tuas mãos. Eles perecerão, mas tu permanecerás; todos eles, como uma veste, envelhecerão; como roupa os mudarás, e ficarão mudados, mas tu és o mesmo, e os teus anos nunca terão fim. Os filhos dos teus servos continuarão, e a sua descendência ficará firmada perante ti”. >>> Quando acontece uma mudança dessas, em um planeta material; dá-se o nome de devastação final, ou juízo final; é quando será separado o bem do mal. O mal sai, e o planeta muda seu sistema de material para espiritual. <<< - Observe que os filhos dos servos de Deus irão continuar no mesmo lugar. O mal é que irá ser lançado fora (os filhos das trevas). Porque o bem agente retém; mas o mal a gente joga fora. – Vejamos um exemplo: Quando uma dona de casa varre a casa o lixo é recolhido e jogado fora; porque ninguém vai guardar lixo concorda? - Assim também acontece quando é feita a limpeza de um planeta contaminado como este em que vivemos. Todo o lixo (pecado, degradação, impureza e etc.) é jogado fora. Em Mateus Cp.13, Vs. 47 e 48 Jesus disse: “Igualmente o Reino dos céus é semelhante a uma rede lançada ao mar, e que apanha toda a qualidade de peixes. E, estando cheia, a puxam para a praia e, assentando-se, apanham para os cestos os bons; os ruins, porém, lançam fora”. – Assim também será a separação dos fiéis e dos infiéis no fim dos séculos. Virão os anjos (que são os apóstolos), e separarão os injustos, maus e infiéis, dos justos, bons e fiéis a Deus. Estas criaturas más, infiéis e injustas serão lançados (ou jogados) para fora do planeta terra, para outra dimensão; em um planeta inferior ou pior do que este em que vivemos. >>> Os espíritos são eternos, por isso estas criaturas continuarão a viver neste planeta degradado onde foram lançados, e irão pagar por sua desobediência contra Deus, continuando a viver em um ciclo de nascimento, doença, velhice e morte.

-- O mesmo aconteceu com os habitantes deste planeta (terra). Fomos sacudidos de um planeta que se transformou; para aqui pagarmos os nossos débitos.

- Vejamos o que diz em Apocalipse Cp.12, Vs.7 a 10 onde o apóstolo João disse:

- Vs. 7 e 8: “E houve batalha no céu: Miguel e os seus anjos batalhavam contra o dragão, e batalhavam o dragão e os seus anjos, mas não prevaleceram; nem mais o seu lugar se achou nos céus”.

- Veja que este “dragão” não existiu só em um céu; porque João diz claramente que “o seu lugar não se achou nos céus (outros planetas ou mundos).”

- Veja que o mal aqui neste trecho é figurado; ou está aqui representado na figura de um dragão que a tudo devora.

>>> Saiba que: cada planeta, para se transformar espiritualmente passa por duas grandes devastações finais ou juízo final. <<<< [ Você pode ler detalhadamente sobre estas devastações finais em Apocalipse Cp.14, Vs.14 a 20. Leia cuidadosamente. ] -- Continuando: no Cp.12, V.9 de Apocalipse diz: “E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, chamada o diabo e Satanás.” --- Agora observe que o pecado aqui foi figurado ou comparado a uma serpente. Porque a serpente tem veneno de morte, quem for picado por ela morre. >>> Portanto: Neste trecho a serpente está simbolizando o pecado, porque o pecado gera a morte. <<<< - Foi exatamente isto que aconteceu com os habitantes deste planeta em uma era muito remota. O planeta lá (onde habitávamos) se transformou; e todos nós fomos jogados para cá. Todos nós desocupamos o planeta onde vivíamos e fomos jogados para a terra. - Ainda no Cp.12, V.10 diz: “E ouvi uma grande voz no céu, que dizia: Agora chegada está a salvação, e a força, e o reino do nosso Deus, e o poder do seu Cristo; porque já o acusador de nossos irmãos é derribado, o qual diante do nosso Deus os acusava de dia e de noite”. - Se ele foi derribado foi de lá para cá. >>> Hoje se vêem milhões de criaturas envolvidas com o mal. Este mal que é comparado em Apocalipse a um dragão que a tudo devora.

- Este mesmo dragão representa: as drogas, o crime organizado, a prostituição, a ambição, roubos, e seqüestros. Tudo isso é fruto do pecado que leva a morte; como foi representado pela serpente que simboliza “diabo e Satanás”, que é uma oposição contra Deus. É com este mesmo dragão que a maior parte do mundo está envolvida. Por isso serão lançados para fora do planeta terra na devastação final (ou juízo final), para o anjo tornar a dizer: “Agora é chegada a salvação e a força, e o reino do nosso Deus, e o poder do seu Cristo.” – Amém!

>>> Saiba que: Diabo e satanás é uma ação maligna causada pela natureza humana, e não um anjo que se rebelou no céu como as religiões dizem. <<<< - Porque um anjo é um ser de natureza divina, jamais pode existir nele o mal; porque nele está a mesma consciência de Deus. - Veja em João Cp.17, V.21 o que Jesus Cristo disse para o Pai: “Para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu, em ti; que também eles sejam um em nós.” - Preste bem atenção! Mesmo sabendo que os apóstolos possuíam uma natureza humana e fraca, Jesus estava orando a Deus por eles, para que Deus colocasse-os na mesma consciência deles (Pai e Filho). - Ora! Se os apóstolos sendo humanos e frágeis receberam de Jesus Cristo a dádiva de estar na mesma consciência de Deus; Quanto mais um anjo, que passou pela maior purificação no universo! >>>>> Vejamos agora o que vai acontecer após o juízo final com os sobreviventes. <<<<< -- No livro de Zacarias Cp.13, Vs.8 e 9 diz: “E acontecerá em toda terra, diz o Senhor, que as duas partes dela serão extirpadas e expirarão; mas a terceira parte restará nela. E farei passar essa terceira parte pelo fogo, e a purificarei, como se purifica a prata, e a provarei, como se prova o ouro; ela invocará o meu nome, e eu a ouvirei; direi: É meu povo; e ela dirá: O Senhor é meu Deus”. --- Tudo isso acontecerá para que este povo chegue a perfeição de anjos por meio das ciências eternas de Deus. = Você acha que um anjo que passou por uma purificação como esta poderia se rebelar contra o Criador do universo seduzindo a terça parte dos anjos para tomar o trono de Deus? É claro que não! - As pessoas que crêem nisto são pessoas cegas que nada vêem ao longe. >>> Existem milhões de mundos no universo, tanto materiais como espirituais. <<< - Você pode ver sobre isto em Jó Cp.15, V.15; em Deuteronômio Cp.10, V.14; e II Crônicas Cp.6, V.18. Todos estes versículos falam sobre os mundos de altas civilizações espirituais e de outros atrasados como a terra (que são os mundos materiais). No livro de Salmos Cp.46, Vs.4 e 5 diz: “Há um rio cujas correntes alegram a cidade de Deus, o santuário das moradas do Altíssimo. Deus está no meio dela; não será abalada.” = Preste bem atenção: A Bíblia afirma que existem moradas (planetas), além deste em que vivemos. Já as religiões dizem que existe um só planeta que recebeu este diabo para tentar os seus habitantes. Quem está falando a verdade? É a palavra de Deus ou as fábulas religiosas? = Você sabe quem foi aquele espírito que tentou a Jesus? - Saiba que quando um espírito deixa o corpo, ele continua existindo porque para Deus não existe morte; como podemos ver em Lucas Cp.20, V.38. - Jesus disse em Mateus Cp.5, V.26 “Que não saímos daqui, em quanto não pagarmos o último ceitil. “ (“Porque o juízo é aqui debaixo do sol.” - Eclesiastes Cp.3, V.16). >>> Saiba que aquele espírito que tentou a Jesus foi o espírito de Faraó; porque em vida ele tinha domínio sobre todos os reinos do mundo aqui na terra; e era adorado por todos. Por isso ele disse que daria todas aquelas riquezas para Jesus se ele o adorasse.<<<< - Veja o que diz em Ezequiel Cp.31, V.18: “A quem pois és semelhante em glória e em grandeza entre as árvores do Éden? Todavia, descerás com as árvores do Éden à terra mais baixa; no meio dos incircuncisos jazerás com os que foram traspassados à espada: este é Faraó e toda a sua multidão, diz o Senhor Jeová”. -- Foi esse aí, que se apresentou a Jesus no deserto. >> Veja também o que está escrito em Jeremias Cp.27, Vs.1 a 8, e lá você terá mais uma confirmação de que aquele espírito foi o de espírito de Faraó. <<< - Observe que ele (o espírito) não conhecia Jesus. Porque ele disse: “Se tu és o Filho de Deus manda que estas pedras se tornem em pães.” (Mateus Cp.4, Vs.1 a 10). – Isto aconteceu porque Jesus não existia (aqui na terra) no tempo de Faraó. Faraó não conheceu a Jesus Cristo em vida. - Ainda no Cp.4, V.10 de Mateus Jesus disse: “Vai-te, satanás, porque está escrito: Ao Senhor, teu Deus, adorarás e só a ele servirás.” – Jesus o repreendeu por “satanás” por causa das más obras de Faraó. - Pense bem! - Se o diabo é um ser maligno, que fez guerra no céu e tomou a terça parte dos anjos, desviando todo mundo para o mal, e até mesmo tentou o próprio Jesus Cristo (como dizem as religiões); Porque Jesus ainda o mandaria adorar e servir a Deus quando a muitos pecadores o próprio Jesus Cristo rejeitou? - Podemos ver um exemplo disto em Marcos Cp.4, Vs.11 e 12 quando ele disse: ”E ele disse-lhes: A vós vos é dado saber os mistérios do Reino de Deus, mas aos que estão de fora todas estas coisas se dizem por parábolas. Para que, vendo, vejam e não percebam; e, ouvindo, ouçam e não entendam, para que se não se convertam, e lhes sejam perdoados os seus pecados”. >>> Como dizem as religiões pagãs; o diabo foi o que primeiro pecou e trouxe o pecado para toda a humanidade.

= Sendo assim; Como era que Jesus iria dar brecha para o diabo mandando-o adorar a Deus e servir só a ele?

- Mas para o pecador (que segundo o que se prega aí fora é inocente por ser tentado pelo diabo); ele falava por parábolas para que eles, vendo, vissem e não percebessem, e ouvindo, ouvissem e não entendessem, para que não se convertessem e lhes fossem perdoados os pecados?

= Desse jeito: Será que para Jesus o pecador é pior do que o diabo?

- Lembre-se Deus é justo! O Senhor Jesus Cristo está na mesma consciência do Pai; portanto nele não há injustiça!

>> Quero que fique bem claro que estes últimos parágrafos é o ensinamento que está sendo pregado aí fora! Um total absurdo! <<

Eu peço que as religiões, unjam seus olhos com colírio, para que vejam. Porque até agora estão andando na mais tremenda escuridão. Para que abra os olhos para o verdadeiro evangelho de Cristo e saiam deste evangelho de confusão.



********************************************

Nenhum comentário:

Postar um comentário